PROMOÇÃO

quinta-feira, 27 de abril de 2017

No Ceará, 39 prefeituras decretam ponto facultativo nesta sexta-feira de greve geral


Um total de 39 Prefeituras cearenses decretaram ponto facultativo para que servidores participem, nesta sexta-feira, da greve geral articulada pelos partidos de esquerda e centrais sindicais. A greve é contra as reformas do governo do presidente Michel Temer. Cerca de 70 cidades farão atos regionais ou municipais liderados pelos sindicatos de servidores e professores, informa a Federação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal do Estado do Ceará (Fetamce).

Ponto Facultativo

As 39 prefeituras que já decretaram ponto facultativo no dia da greve são: Tarrafas, Uruburetama, Farias Brito, São Benedito, Novo Oriente, Graça, Ibiapina, Amontada, Capistrano, Aratuba (liberou o servidores), Icó, Apuiarés, Iguatu, Hidrolândia, Barreira, Caririaçu, Tianguá, Umirim, Jardim, Quixadá, Ibaretama, Choró, Ibicuitinga, Banabuiú, Tururu, Iracema, Pentecoste, Cedro, Forquilha, Eusébio, Palmácia, Cedro, Catunda, Orós, Jaguaribara, Itaitinga, Chorozinho, Apuiarés e Frecheirinha.

Eliomar de Lima

Após delações, PT cogita eleição presidencial sem Lula como candidato

Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil

As novas suspeitas contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, acusado de corrupção por ex-executivos de empreiteiras, fez com que o PT passasse a incluir em suas análises internas do cenário político e discussões sobre estratégias a possibilidade concreta de não contar com o seu líder máximo na disputa eleitoral de 2018. O receio é que uma condenação em segunda instância na Operação Lava Jato o torne inelegível com base na Lei da Ficha Limpa. A reação do PT às novas suspeitas é reforçar o empenho na defesa de Lula tanto nas ruas quanto nas redes sociais. Ninguém no partido ousa questionar ou cobrar explicações do ex-presidente. Lula é visto no PT como alvo de perseguição da Lava Jato e vítima de uma campanha para impedir sua candidatura em 2018. Mas, com a divulgação dos depoimentos da Odebrecht e a delação do empreiteiro José Adelmário Pinheiro Filho, o Léo Pinheiro, da OAS, a possibilidade de condenação de Lula, antes vista como remota, ganhou novo status. Líderes petistas avaliam que mesmo que as novas acusações não sejam confirmadas com provas materiais, elas engrossam o caldo das chamadas "provas indiciárias" (com base em indícios) que poderiam sustentar, pelo volume, um pedido de condenação de Lula com base na teoria do domínio do fato, usada para levar José Dirceu à prisão no mensalão.
Lula é alvo de seis pedidos de abertura de inquéritos enviados pelo ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), à primeira instância da Justiça Federal com base nas delações da Odebrecht.

Cachorro é vítima de estupro e voluntários fazem campanha para tratamento

Cachorro é vítima de estupro e voluntários fazem campanha para tratamento
Foto: Reprodução / Blog do Anderson

Moradores de Vitória da Conquista, no sudoeste baiano, fazem uma campanha para cuidar de um cachorro, vítima de estupro. O abuso foi constatado depois de exames em uma clínica veterinária da cidade. Depois de passar por alguns procedimentos, o estado de saúde dele ainda é considerado delicado. Segundo o Blog do Anderson, o caso, ocorrido no último fim de semana, chocou moradores. O animal chegou à clínica com dor e ficou internado para retirar a parte necrosada e recolocar o pênis no lugar. Depois disso, o cachorro passou a usar uma sonda para poder urinar. Nas redes sociais, um grupo de pessoas se mobiliza para ajudar no tratamento do pet. Quem puder contribuir pode depositar qualquer valor em uma conta da Caixa Econômica Federal, agência 3543, OP 013, Conta 00009958-1, Juliano Márcio Soares Botelho.

Bahia Noticias

Justiça manda soltar cinco suspeitos de participação em mega-assalto no Paraguai

Justiça manda soltar cinco suspeitos de participação em mega-assalto no Paraguai
Materiais até então apreendidos pela PF | Foto: Divulgação

A Justiça liberou cinco dos 15 presos suspeitos de participação no mega-assalto que aconteceu no Paraguai na última segunda-feira (24). A Polícia Federal confirmou que pelo menos três já deixaram a prisão. De acordo com o G1, não há detalhes sobre as decisões judiciais que determinam a liberação dos suspeitos. Investigações indicam que pelo menos 50 pessoas participaram do crime, em Ciudad del Este, na fronteira com o Brasil, e levaram cerca de R$ 120 milhões. A polícia brasileira já conseguiu recuperar R$ 4,5 milhões em notas de real, dólar e guarani. Até agora, três suspeitos foram mortos e foram apreendidos sete fuzis, uma pistola, dois coletes balísticos, duas embarcações e 7kg de explosivos. Autoridades do estado de São Paulo informaram que o crime foi planejado por Rogério Jeremias de Simone, o Gegê do Mangue, foragido desde o início de 2016 depois de receber liberdade provisória em um dos processos a que responde na Justiça. A polícia afirmou que o criminoso fugiu para o Paraguai para reunir a quadrilha e comandar a ação.

Bruno aguarda mandado para retornar à prisão; contrato com Boa será rescindido

Foto: Divulgação / TJMG

O goleiro Bruno Fernandes, do Boa Esporte, ainda aguarda o mandado de prisão para se apresentar à Justiça. O documento será enviado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) após o julgamento em 3 a 1 que revogou a liminar que mantinha o jogador em liberdade (entenda aqui). Bruno se apresentou à polícia e assinou uma certidão em que se comprometia a se entregar quando o mandado fosse expedido. A expectativa era de que ele chegasse à Justiça mineira ainda nesta quarta (26), o que não aconteceu. À Folha de S. Paulo, o advogado de Bruno, Luiz Adolfo, afirmou que entrará com todos os recursos cabíveis. Assim que retornar à prisão, condenado a 22 anos e três meses de prisão pelo assassinato de Eliza Samudio, seu contrato com o Boa Esporte será rescindido.

Policiais militares são homenageados por bravura ao enfrentar criminosos

Na solenidade, o secretário da Segurança Pública do Ceará, delegado André Costa, voltou a afirmar: “Policial não é violento. Violento é o bandido”
Os três militares sobreviventes da chacina em Quixadá foram condecorados e promovidos: Cabo Bezerra, sargento Campos e soldado Michelly

Cinco policiais militares foram homenageados, nesta quarta-feira (26), em uma solenidade no Quartel do Comando Geral da Polícia Militar, em Fortaleza. Os cinco foram condecorados por bravura, receberam a comenda Alferes Tiradentes e três deles foram, ainda, promovidos. O sargento João Alves Campos, o cabo José Ribamar Bezerra Júnior e a soldado Michelly Pereira Mariano são sobreviventes de uma chacina e seqüestro de policiais militares ocorridos em 30 de junho do ano passado, no Município de Quixadá, na Região do Sertão Central (a 154Km de Fortaleza). Os três são destacados no 9º Batalhão da PM e foram acionados para uma ocorrência de bandidos fortemente armados que estavam no Distrito de Juatama em busca de interceptar e assaltar um carro-forte. Nas buscas, os militares sofreram uma emboscada. Três PMs acabaram mortos a tiros de fuzil. O sargento Campos foi atingido com um tiro de fuzil na perna, enquanto o cabo José Ribamar Bezerra e a soldado Michelly Mariano acabaram sendo rendidos e levados como reféns na própria viatura.
Os três foram promovidos por ordem do comandante-geral da PM, coronel Ronaldo Viana e, na tarde de ontem, receberam as homenagens, com comendas e novas divisas.

Defesa de José Dirceu prefere não correr riscos e adia julgamento de habeas corpus

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom / Agência Brasil

Após apresentar pedido de habeas corpus, a defesa do ex-ministro José Dirceu levou ao Supremo Tribunal Federal (STF) um requerimento para que a libertação seja julgada apenas na próxima terça (2). Segundo informações da coluna de Mônica Bergamo, na Folha de S. Paulo, a maioria dos ministros da 2ª Turma do STF deu indícios que aceitaria o pedido de soltura de Dirceu nessa terça (25), data em que liberou o pecuarista José Carlos Bumlai e o ex-tesoureiro do PP, João Cláudio Genu. Mesmo assim, a defesa de Dirceu preferiu não insistir. De acordo com a publicação, o advogado Roberto Podval explicou que a equipe julgou ser arriscado insistir no julgamento do habeas corpus sem o direito de fazer sustentação oral. Além de que o pedido abrangia apenas uma das condenações do ex-ministro, que já acumula duas.

Presidente do Senado é internado em Brasília após desmaio

 Presidente do Senado é internado em Brasília após desmaio
Foto: Moreira Mariz / Agência Senado

O presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), sofreu uma isquemia vascular na madrugada desta quinta-feira (27). O senador está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital em Brasília. Segundo informações de O Estado de S. Paulo, em um primeiro momento, médicos cogitaram se tratar de um Acidente Vascular Cerebral (AVC) hemorrágico, mas a possibilidade foi descartada. De acordo com a publicação, o peemdebista segue no hospital, mas passa bem.

Polícia frusta assalto que termina com troca de tiros na BR 020 próximo ao Bom Jesus

Tauá - Por volta das 22h40 desta quarta, 26, a equipe do RAIO foi acionada pelo rádio com a informação de que nas proximidades da vila de Bom Jesus estavam acontecendo assaltos. A equipe se deslocou para a vila e ao chegar lá foram observadas algumas carretas paradas.
Os motoristas informaram a equipe que não tinham como seguir viagem pois logo à frente haviam barricadas na pista feita por assaltantes. A equipe se deslocou até o local informado pelos motoristas e ao chegar se deparou com um caminhão atravessado na pista e 06 assaltantes,sendo que o motorista do caminhão estava feito refém. Os assaltantes começaram a atirar na composição e começou uma troca de tiros. A quadrilha de assaltantes se espalhou pela mata,conseguindo fugir,mas acredita-se que dois dos assaltantes estão baleados. Buscas estão sendo feitas para capturar os assaltantes. O refém foi resgatado a carga recuperada e 02 motos foram apreendidas e apresentadas na Delegacia de Tauá.O motorista foi identificado como Gilson Siqueira,que dirigia o caminhão de placas: KFM-4419,inscrição de Eusébio.
O caminhão foi danificado pelos assaltantes e o para brisa foi quebrado após os disparos que foram efetuados. Em relação as motos apreendidas,uma está sem placa e a outra tem a placa: NFG-3527,inscrição de Ituiutaba, MG.

Elementos armados assaltam comércio em Acopiara-Ce

Elementos armados assaltam comércio em Acopiara-Ce
No dia 26/04/2017, por volta de 14h30min, a Polícia Militar foi informada via 190 de um roubo a comercio na Av. Pedro Alves, no Mercadinho Pianco. De imediato a RD 1267 compareceram ao local onde constataram veracidade do fato, a funcionaria, informou que dois elementos, ambos de capacete e um deles armado a revolver, entraram no comercio e anunciaram o assalto, vindo a subtrair uma quantia de aproximadamente R$ 600,00(SEISCENTOS REAIS), e logo após saíram tomando rumo ignorado. A vitima foi orientado a prestar um B.O, enquanto o policiamento continua na área no intuito de identificar e prender os autores.

10 BPM

quarta-feira, 26 de abril de 2017

Câmara dos Deputados aprova projeto da reforma trabalhista

 Câmara dos Deputados aprova projeto da reforma trabalhista
Foto: Antonio Cruz/ Agência Brasil

A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (26) o projeto de lei 6787/16, mais conhecido como reforma trabalhista. A bancada de oposição tentou impedir a votação com sucessivos requerimentos, provocando um clima tenso no plenário. A matéria, considerada impopular, acabou gerando resistência de entidades representativas dos trabalhadores, que consideram que o texto retira direitos trabalhistas e coloca a conta da crise econômica apenas nas costas dos empregados, e não do empresariado. Para próxima sexta-feira (28), uma greve geral foi convocada por centrais sindicais para pressionar o governo a flexibilizar as reformas trabalhista e da Previdência. O projeto altera pontos da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) e estabelece que acordos coletivos negociados por patrões e empregados prevalecem sobre a lei. O relator da proposta, Rogério Marinho (PSDB-RN), propôs mudanças em relação ao texto original. Entre os principais pontos do parecer dele estão o negociado sobre o legislado (sobre as negociações entre patrão e empregado, acordos coletivos etc); o fim da contribuição sindical obrigatória; trabalho intermitente (possibilidade da prestação de serviços de forma descontínua e recebimento apenas pelas horas trabalhadas); trabalho terceirizado; teletrabalho (desempenho de funções à distância); multas administrativas; ativismo judicial e demissão consensual.
por Guiljherme Ferreira / Bruno Luiz

Morre o jornalista, professor e advogado Carlos Chagas

Reconhecido nacionalmente, Chagas passou por grandes veículos de comunicação, foi professor da UnB por 25 anos e publicou livros sobre o período da ditadura miliar no Brasil
Ao longo da carreira trabalhou no jornal O Estado de S. Paulo, na TV Manchete e no SBT - Foto: Reprodução
O jornalista Carlos Chagas morreu, nesta quarta-feira (26), aos 79 anos, em Brasília. Reconhecido jornalista, Chagas passou por grandes veículos de comunicação do país, foi professor do Departamento de Comunicação da Universidade de Brasília (UnB) por 25 anos e publicou livros sobre o período da ditadura miliar no Brasil. Era formado em Direito pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ).
A morte do jornalista foi informada em uma rede social pela filha Helena Chagas, também jornalista e ex-ministra da Secretaria de Comunicação Social do governo Dilma Rousseff.

Biografia

Nascido em Três Pontas (MG), filho de um comerciante e de uma professora, Carlos Chagas começou a carreira de jornalista no final dos anos 1950, quando ainda estudava Direito no Rio de Janeiro. A primeira contratação foi no jornal O Globo, em 1959. Após concluir o curso universitário no final de 1960, trabalhou durante um ano e meio como jornalista e também como advogado de presos que cumpriam pena no presídio da ilha Grande (RJ). Em seguida, prestou concurso para promotor público e foi aprovado. Diante da impossibilidade de acumular as atividades de promotor e jornalista, optou pelo jornalismo.


Ao longo da carreira trabalhou no jornal O Estado de S. Paulo, na TV Manchete e no SBT.

Justiça determina que Adriana Ancelmo retorne para o presídio

Foto: Reprodução / Blog do Garotinho

A ex-primeira dama do Rio de Janeiro, Adriana Ancelmo terá que voltar para o presídio. Em votação nesta quarta-feira (26), o Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2), por meio da 1ª Turma Especializada, revogou a prisão domiciliar, determinada pela 7ª Vara Federal Criminal há um mês. A decisão dos desembargadores atendeu a um pedido do Ministério Público Federal (MPF), que questionou o benefício concedido a Adriana no TRF-2. O recurso sustentava que, ao permanecer em casa, a ex-primeira-dama pode continuar praticando os crimes pelos quais ela responde, como lavagem de dinheiro. Para os procuradores, o fato de terem sido encontrado joias sem nota fiscal e R$ 53 mil em espécie em seu apartamento no Leblon "evidencia que Adriana e sua organização estão, no momento, ocultando e movimentando valores de forma a impedir sua apreensão". "O que demonstra, extreme de dúvidas, a necessidade da custódia cautelar para garantia da ordem pública”, escreveram os procuradores. Adriana foi presa preventivamente em dezembro, uma semana depois do ex-governador Sérgio Cabral, seu marido, e ganhou o direito de ficar em casa em março.

Moro aceita pedido da PF e muda depoimento de Lula para 10 de maio

Foto: José Cruz / Agência Brasil

O juiz federal Sergio Moro aceitou o pedido da Polícia Federal e adiou o depoimento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para 10 de maio, às 14h. O petista seria ouvido na próxima quarta-feira (3). O pleito da PF teve como base tempo adicional para os preparativos necessários. De acordo com o Uol, Moro citou as manifestações previstas para a data do depoimento como justificativa. "É possível que, na data do interrogatório, ocorram manifestações favoráveis ou contrárias ao acusado em questão, já que se trata de uma personalidade política, líder de partido e ex-presidente da República", escreveu o juiz em despacho.

Funcionários dos Correios entram em greve por tempo indeterminado a partir desta quarta

Foto: Reprodução/ Ilisp

Os funcionários dos Correios entrarão em greve por tempo indeterminado a partir das 22h desta quarta-feira (26). De acordo com Josué Canto, presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Correios e Telégrafos do Estado da Bahia (Sincotelba), o movimento é contra a possibilidade de privatização da instituição, o que acarretaria na demissão de mais de 25 mil funcionários, o fechamento de agências e também o não repasse do dinheiro relativo ao plano de saúde dos trabalhadores, algo que tem deixado muitas pessoas sem atendimento em algumas unidades. A estatal afirma que teve prejuízos de R$ 2,1 bilhões em 2015 e de R$ 2 bilhões no ano passado. Em dezembro do ano passado, foi anunciado um plano de demissão voluntária e o fechamento de agências para reduzir os gastos. O Sincotelba, entretanto, refuta as informações divulgadas pelos Correios e acusa a direção nacional da empresa de realizar “manobras contábeis” para passar a impressão de que a estatal é deficitária. “Pagamos uma consultoria a nível nacional. Eles fizeram um estudo baseado nas atas das próprias ECT (Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos).
O que vemos é que o presidente diz não tem nada a ver. Não há rombo. Eles têm feito uma manobra de números, um provisionamento de mais de R$ 1 bilhão por ano.

Homem invade velório, atira em caixão e deixa ameaça para família

Homem invade velório, atira em caixão e deixa ameaça para família
Foto: Polícia Civil/ Divulgação

Um homem invadiu o velório do suspeito do assassinato do policial militar Tyrone Araújo (veja aqui) em Ilhéus, nesta terça-feira (25), atirou no corpo e deixou um bilhete com uma ameaça para a família do morto, que se chamava Danilo dos Santos. "Isso foi só um aviso. Se o corpo for velado aqui na igreja ou no Vilela nós vamos fazer pior", estava escrito. De acordo com o G1, a delegada Andréia Oliveira, que investiga o assassinato do policial militar, explicou que o bilhete ordenava que o corpo do suspeito fosse retirado da igreja onde era realizada a cerimônia, no bairro Teotônio Vilela, pois o comando do bairro é de uma quadrilha rival à que Danilo participava. Por causa do ataque, o velório foi suspenso e caixão foi levado de volta para a funerária. Danilo foi morto a tiros na segunda enquanto caminhava para casa após depor sobre a morte de Tyrone Araújo. No ataque, sua esposa foi baleada, mas não há informações sobre o estado de saúde dela. Os crimes estão sendo investigados e ninguém foi preso ainda pelos assassinatos de Tyrone e Danilo.