PROMOÇÃO

quarta-feira, 28 de junho de 2017

CUBANO É PRESO COM R$ 17,9 MIL EM NOTAS FALSAS, EM CARUARU/PE

A Polícia Federal em Caruaru/PE, procedeu a autuação em flagrante na noite de ontem, dia 26/06/2017, por volta das 18h de um suspeito, de nacionalidade cubana, preso pela Polícia Militar/PE (BEPI da 2ª Cia de Toritama/PE). O estrangeiro chama-se YENDRI ALVES HIDALGO, cubano, casado com brasileira, 34 anos, estudante, natural e residente no bairro de Maurício de Nassau-Caruaru/PE– (não possui antecedentes criminais). A prisão aconteceu em virtude de policiais militares do BEPI lotados na cidade de Toritama/PE terem recebido informação da Polícia Militar de Caruaru/PE dando conta de que um suspeito de nacionalidade cubana estaria traficando drogas bem como repassando notas falsas no bairro Maurício de Nassau-Caruaru/PE. De posse dessas informações os militares procederam diligências no local com vistas a localizar, identificar e averiguar a veracidade das informações.
A ação teve seu desfecho final quando os policiais visualizaram um veículo Peugeot de cor branca cujo motorista tinha características idênticas a denúncia que ora havia sido repassada para averiguação.
Após um acompanhamento o veículo e condutor foi abordado no centro da cidade de Caruaru/PE e ao ser feita uma vistoria no interior do veículo foi encontrado, escondido próximo ao câmbio do carro a quantia de 179 (cento e setenta e nove) cédulas falsas de R$ 100 reais que totalizou um valor de R$ 17.900,00 (dezessete mil e novecentos reais) bem com um revólver calibre 38 sem registro com 05(cinco) munições calibre .38 deflagradas, 38 (trinta e oito) munições não deflagradas calibre 9mm, além de um aparelho celular.

Terminado os trabalhos ostensivos e tendo sido arrecadada as notas falsas, celular, arma e munições, YENDRI, recebeu voz de prisão em flagrante e foi levado para a Delegacia de Polícia Federal em Caruaru/PE, onde, após ter sido informado dos seus direitos e garantias constitucionais acabou sendo autuado em flagrante pelo crime contido nos artigos 289, § 1º do Código Penal – (adquirir ou guardar moeda falsa), e artigos 14 e 16 da Lei 10.826/03 – (posse ilegal de arma de fogo de uso permitido e posse ilegal de munição de uso restrito) e caso seja condenado poderá pegar penas que variam de 3 a 20 anos de reclusão, além de multa! Em seu interrogatório o cubano diz ter sido vítima de armação e não soube informar como as cédulas, armas e as munições foram parar dentro de seu veículo. O cubano está legalmente no Brasil registrado como estrangeiro permanente, é casado com uma brasileira e possui dois filhos. Após a autuação, o preso realizou Exame de Corpo de Delito no IML – Instituto de Medicina Legal e em seguida foi encaminhado para a audiência de custódia onde deverá comparecer diante da Justiça que decidirá pela sua prisão preventiva ou liberação para responder ao processo em liberdade. Caso seja ratificada a sua prisão a Polícia Federal o encaminhará posteriormente para o Presídio Juiz Plácido de Souza em Caruaru/PE, onde ficará à disposição da Justiça Federal/PE.

ESTATÍSTICAS EM PERNAMBUCO

EM 2017 REGISTRAMOS OS SEGUINTES RESULTADOS:

02 (duas) apreensões significativas;

R$ 23.300,00 (vinte e três mil e trezentos reais); 2 (dois) presos;

EM 2016 REGISTRAMOS OS SEGUINTES RESULTADOS:

02 (duas) apreensões significativas;

R$ 11.620,00 (onze mil, seiscentos e vinte reais); 02 (dois) presos;

EM 2015 REGISTRAMOS OS SEGUINTES RESULTADOS:

12 (doze) apreensões significativas;

R$ 16.045,00 (dezesseis mil e quarenta e cinco reais);12 (doze) pessoas presas;

EM 2014 REGISTRAMOS OS SEGUINTES RESULTADOS:

09 (nove) apreensões significativas;

R$ 11.441,00 (onze mil quatrocentos e quarenta e um reais); 11 (onze) pessoas presas;

EM 2013 REGISTRAMOS OS SEGUINTES RESULTADOS:

07 (sete) apreensões significativas;

R$ 59.805,00 (cinquenta e nove mil oitocentos e cinco reais); 07 (sete) pessoas presas.

A maior apreensão realizada pela Polícia Federal no Estado de Pernambuco aconteceu no dia 14.09.2009 através da “Operação Contenção” realizada nas cidades de Canhotinho/PE, Agrestina/PE e Caruaru/PE quando foram presas 04(quatro) pessoas e apreendidas R$ 44.900,00 (quarenta e quatro mil e novecentos) reais em notas falsas.

ALERTA DA POLÍCIA FEDERAL SOBRE NOTAS FALSAS:

A Polícia Federal em Pernambuco tendo em vista a aproximação das festas de fim de ano e do comércio aquecido em eventos tais como: Carnaval, São João, e as de fim de ano natal e ano novo, principalmente NAS CIDADES DO INTERIOR, em eventos, shows e casas noturnas, quando se percebe que a movimentação e aglomeração de pessoas no comércio é crescente atraindo assim grande circulação de dinheiro, ALERTA a população para redobrar o cuidado com relação ao perigo de recebimento de notas falsas. Em tempos de liquidações e queima de estoque o consumidor e comerciantes devem ficar atentos na hora receber valores em dinheiro porque uma das grandes táticas utilizadas pelos criminosos é usar notas de valores altos para comprar itens baratos, em busca do troco.

Algumas pessoas já passaram pela situação constrangedora de serem informadas pelo caixa do banco ou do comércio que o dinheiro usado para pagar é falso. Muitas dessas falsificações são bem grosseiras e de fácil identificação, mas nem sempre é assim; algumas exigem uma análise mais detalhada, para que seja constatada a fraude. Se uma pessoa recebe uma nota falsa quase sempre vai ter de arcar com o prejuízo, porque não existe uma legislação que garanta a troca por dinheiro verdadeiro. Se o saque for feito em caixa eletrônico, a recomendação é que o consumidor tire um extrato que comprove o saque e procure o gerente da agência afim de que possa haver um entendimento mútuo acerca do ressarcimento dos valores. Quem receber uma nota falsa nunca deve passá-la adiante com o objetivo de livrar-se do prejuízo – pois poderá ser preso em virtude de incorrer no mesmo crime. A nota falsa deve ser entregue a um banco, que a encaminhará ao Banco Central ou procurar a Polícia Federal para que seja iniciada uma investigação.

DICAS DE SEGURANÇA PARA EVITAR O RECEBIMENTO DE NOTAS FALSAS:

CONHECIDO MÉTODO “TOCAR – OBSERVAR – INCLINAR”. Este método permite identificar um grande número de notas falsas percebendo se a textura da nota é diferente do normal e se os elementos de segurança são visíveis pela observação da nota em contraluz ou através da sua inclinação.

SIGA ALGUMAS ORIENTAÇÕES TAIS COMO:
CONHEÇA BEM A NOTA VERDADEIRA: Geralmente pessoas que lidam diariamente com dinheiro, como os caixas de banco e comerciantes, sabem facilmente identificar uma nota falsa – essa experiência em manusear diariamente o dinheiro verdadeiro faz com que eles se tornem especialistas em identificar notas falsas.

2.COMERCIANTE: NÃO TENHA PRESSA NO ATENDIMENTO: Geralmente essas notas são passadas em locais de grande concentração de pessoas, feiras, lojas, supermercados, comércio ambulante, e muitas vezes a pressa do comerciante para atender um maior número de clientes faz com que ele não tome o devido cuidado em verificar a nota que está recebendo.

3. VERIFIQUE SE AS NUMERAÇÕES DAS NOTAS NÃO SÃO IGUAIS: Ao receber duas notas de igual valor verifique se as numerações não são iguais, os falsários não costumam fazer notas falsas com numeração diferente porque isso acarreta em custos com impressão por ter que mudar a matriz da impressão.
OBSERVE A TEXTURA DA NOTA: Outra cautela que pode ser tomada é reparar na textura do papel das notas que estão sendo recebidas, as notas falsas tendem a ser lisas, enquanto as notas verdadeiras são ásperas e possuem um alto relevo e saliência nos itens de segurança que pode ser percebido pelo tato. Sinta com os dedos o papel e a impressão.
OBSERVE A IMPRESSÃO DA NOTA – Nas cédulas legítimas, as tonalidades de cores são firmes – as notas falsas têm cores com pouca nitidez e costuma haver borramento das cores.
VERIFIQUE A MARCA DÁGUA COLOCANDO A NOTA CONTRA A LUZ.
NO CASO DE DÚVIDA, COMPARE A NOTA SUSPEITA COM UMA NOTA VERDADEIRA.
BAIXE O APP GRÁTIS “DINHEIRO BRASILEIRO” NO SEU SMARTPHONE – O aplicativo que foi desenvolvido pelo Banco Central não analisa a autenticidade da cédula, apenas ajuda a identificar e conhecer os itens de segurança.

Agreste Violento

Nenhum comentário: