PROMOÇÃO

domingo, 2 de julho de 2017

Guarda municipal recebe moção de repúdio por multar vereadores infratores

Foto: Reprodução / TV Globo

Uma guarda municipal da cidade de Várzea Grande, situada na região metropolitana de Cuiabá (MT), foi alvo de uma moção de repúdio na Câmara Municipal, por aplicar multas a motoristas infratores, dentre eles um vereador. De acordo com informações do G1, o vereador Edilei Roque de Cezaro (PTC), conhecido como Neni Chimarrão, foi autuado pela agente Steffany Anjos da Silva, na última quarta-feira (28), após estacionar embaixo de uma placa de “proibido estacionar”, em cima da calçada e em frente a um acesso a cadeirantes. “Eu estacionei no lugar certo, não estava sobre a calçada, um local que eu acredito que 13, 14 carros estacionados, não acreditava que seria necessário multar todos esses carros”, defendeu-se Neni, que parou o carro ao lado da Câmara, onde há estacionamento destinado aos edis. O assunto particular foi parar no plenário, quando o vereador Pedro Paulo Tolares (DEM) pediu uma menção de repúdio à ação da guarda municipal, e conseguiu a aprovação por 16 votos a favor e cinco abstenções. "Eu pedi em virtude que já é a segunda vez que eu presencio essa atitude dela. Me parece que ela não tem diálogo, ela quer fazer cumprir a lei, os rigores da lei. Eu entendo que em alguns momentos tem de ter diálogo”, diz o autor da medida, conhecido como Pedrinho. Já o coronel Alexander Maia, responsável pela guarda municipal, apoiou a ação de sua subordinada.
"A priori nós entendemos que ela estava no estrito cumprimento do dever legal", afirmou. Steffany Anjos da Silva, por sua vez, ratificou sua decisão e rechaçou a atitude dos políticos mato-grossenses.
"Eu, como cidadã, que faço essa moção de repúdio aos 16 vereadores da câmara, que fizeram essa moção de repúdio contra a minha pessoa, sendo que eu estava apenas cumprindo o que manda a lei", declarou. A infração por estacionar em local proibido tem como punição multa R$ 195 de e a perda cinco pontos na carteira de habilitação.

Nenhum comentário: