PROMOÇÃO

segunda-feira, 3 de julho de 2017

Quadrilha invade sede da Prefeitura de Baixio na madrugada e explode caixa-eletrônico

Os ataques às agências bancárias nas pequenas cidades do Interior do Nordeste viraram rotina

Uma quadrilha fortemente armada atacou a sede da Prefeitura Municipal de Baixio, Município situado na Região do Cariri (a 428Km de Fortaleza) e explodiram um caixa-eletrônico do Banco do Brasil. O crime ocorreu na madrugada desta segunda-feira se constituindo no primeiro roubo a banco do mês de julho e o 22º do ano (ver relação completa dos ataques no final do texto). Segundo informações iniciais colhidas pela Polícia, a quadrilha invadiu a cidade durante a madrugada e se dirigiu ao prédio da Prefeitura, onde não encontrou resistências para chegar ao caixa-eletrônico. O equipamento foi destruído com a explosão de um artefato, mas, segundo a Polícia, os ladrões não conseguiram roubara o dinheiro que havia ali. Na hora da fuga, o bando disparou diversos tiros na entrada do prédio para intimidar quem se aproximasse. Após a fuga dos ladros a Polícia recolheu no local cápsulas de balas de fuzil e de escopeta calibre 12. Os bandidos fugiram em dois carros (placas e marcas não anotadas) e seguiram em direção à BR-116. Foi montado um cerco policial na região. Contudo, até agora nenhum suspeito foi detido.

Veja agora a relação dos bancos atacados neste ano no Ceará:



JANEIRO

01 (10.1.) – Quadrilha fortemente armada taca e explode a agência do Banco do Brasil da cidade de MILHÃ, no Sertão Central.

02 (24.1) – Quadrilha fortemente armada ataca a agência do Bradesco da cidade de ITAIÇABA e explode os caixas eletrônicos.

03 (26.01) – Bandidos explodem caixas eletrônicos na agência do Bradesco da cidade de TARRAFAS, na região Centro-Sul do Estado.

FEVEREIRO

04 (1º/2) – Bandidos atacam a cidade de AIUABA e explodem a bateria de caixas eletrônicos e o cofre da agência do Banco do Brasil. Em, seguida, fogem em direção ao estado do Piauí.

05 (3/2) – Ataque de uma quadrilha fortemente armada à cidade de MISSÃO VELHA, onde bandidos causaram explosões nas agências do Banco do Brasil e do Bradesco. Houve troca de tiros com a Polícia e a quadrilha fez dois reféns para fugir em direção ao Município de Jardim.

06 (3/2) – Ataque a um posto de atendimento do Bando do Brasil na cidade de ITAREMA. Bandido sozinho rendeu funcionário e levou cerca de R$ 5 mil em espécie.

07 (4/2) – Bandidos tentaram furtar dinheiro dos caixas eletrônicos, após arrombamento na agência do Banco do Brasil na cidade de JUAZEIRO DO NORTE, mas fugiram após o alarme ser disparado e a Polícia Militar acionada.

08 (4/2) – Bandidos fizeram um buraco e invadiram a agência do Banco Santander da cidade de SOBRAL, em busca de arrombar os caixas eletrônicos, mas fugiram antes de concretizar o crime, segundo a Polícia.

09 (6/2) – Quadrilha armada ataca a cidade de TEJUÇUOCA e explode os caixas eletrônicos do Banco do Brasil durante a madrugada.

10 (8/2) – Tentativa de furto de caixas eletrônicos, através de arrombamento do prédio, na agência da Caixa Econômica Federal da cidade de BARBALHA, no Cariri.

11 (9/2) – Ataque de uma quadrilha na cidade de TAMBORIL. Bandidos armados fizeram reféns e explodiram os caixas eletrônicos da agência da Caixa Econômica Federal. Na fuga, fizeram reféns e incendiaram um automóvel na estrada.

12 (14/2) – Tentativa frustrada de ataque de uma quadrilha formada por cerca de 10 homens na agência do Bradesco da cidade de REDENÇÃO. Bando abortou o plano e escapou.

13 (17/2) – Ataque violento de uma quadrilha armada na cidade de SABOEIRO, na região dos Inhamuns. Bandidos explodiram a agência do Banco do Brasil e fugiram.

MARÇO

14 (02/03) – Ataque de uma quadrilha fortemente armada em PEDRA BRANCA. Bandidos explodiram os caixas eletrônicos da agência do Bradesco e fugiram em direção à cidade de Mineirolândia, abandonando um dos carros na estrada.

15 (08/03) – Quadrilha armada ataca a cidade de ICAPUÍ e explode os caixas eletrônicos e o cofre da agência do Banco do Brasil, fugindo em direção ao Rio Grande do Norte. O grupo também atirou contra a sede do Destacamento da PM e contra uma viatura do BPTUR.

16 (31/03) – Ataque à agência do Banco do Brasil da cidade de CEDRO. Foi durante a madrugada. Cerca de 20 homens, EXPLODIRAM a agência do BB e trocaram tiros por cerca de 30 minutos com os policiais do Destacamento da PM.

ABRIL

17 (01/04) – Ataque simultâneo às agências do Banco do Brasil e Bradesco, além da Prefeitura da cidade de JAGUARUANA, no começo da madrugada. Bandidos invadiram a cidade, explodiram os equipamentos, mas na fuga, encontraram resistência. As polícias Federal e Militar já estavam de prontidão na cidade. Houve confronto por cerca de uma hora, resultando na morte de seis bandidos no local e mais um que faleceu no hospital de Aracati. Cinco pessoas foram presas. A quadrilha era interestadual, com ramificações e atuações nos estados do Ceará, Paraíba e Rio Grande do Norte. A Polícia apreendeu dois fuzis, uma escopeta, além de pistolas, munição e grampos usados para serem espalhados nas estradas.

MAIO

18 (02/05) – Arrombamento de um caixa eletrônico em uma agência da Caixa Econômica Federal (CEF), na cidade de QUIXADÁ. Valores furtados não foram revelados.

19 (03/05) – Ataque de uma quadrilha na cidade de CATUNDA, com a explosão dos caixas eletrônicos da agência do Banco do Brasil. Bandidos dispararam muitos tiros no local e fugiram em direção a Monsenhor Tabosa.

JUNHO

20 (09/06) – Bandidos explodem a agência do Banco do Brasil da cidade de ANTONINA DO NORTE e atiram contra o destacamento da Polícia Militar. Criminosos agiram com bastante violência e deixaram a agência destruída.

21 (11/06) – Uma quadrilha fortemente armada ataca a cidade de ASSARÉ, na Região Sul do Estado (Cariri) e explode a agência do Banco do Brasil, deixando uma imagem de destruição e violência na cidade.

JULHO

22 (03/07) – Ataque de uma quadrilha fortemente armada. O bando invadiu a sede da Prefeitura Municipal de BAIXIO e explodiu um caixa eletrônico do Banco co Brasil, mas não conseguiu roubar o dinheiro que havia no equipamento.

Fonte:Fernando Ribeiro

Nenhum comentário: