PROMOÇÃO

segunda-feira, 28 de agosto de 2017

Índio é espancado e queimado com gasolina na Grande Fortaleza

O líder indígena da etnia Pitaguary Maurício Alves Feitosa, de 45 anos, foi espancado e incendiado com gasolina dentro de casa na madrugada deste domingo (27) em Maracanaú, na Grande Fortaleza. De acordo com a Polícia Militar, Maurício acordou na madrugada com o cheiro do combustível, que era colocado sobre a casa dele. Ele tentou sair da residência, mas foi espancado por dois homens e colocado de volta no interior da casa. Ele sobreviveu e recebe atendimento no Hospital Instituto Doutor José Frota (IJF), no Centro de Fortaleza. A unidade não divulgou informações sobre o estado de saúde de Maurício.


Com informações do portal G1

Nenhum comentário: