PROMOÇÃO

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Operação da PF mira quadrilha que fraudou R$ 1 mi em empréstimos na Caixa

Foto: Divulgação / PF

O Polícia Federal deflagrou na manhã desta quarta-feira (20) a Operação Inimigo Oculto, que tem como alvo uma quadrilha responsável por quase R$ 1 milhão de prejuízos aos cofres da Caixa Econômica Federal. Entre os investigados, três são ex-prestadores de serviço da Caixa Econômica e teriam desviado dinheiro por meio de concessão fraudulenta de 46 empréstimos pessoais para familiares e amigos – contra eles, há três mandados de prisão temporária. Há também 30 de condução coercitiva, além de três mandados de busca e apreensão. A operação acontece na Bahia, no Distrito Federal e no Pará. As ordens judiciais incluem também o bloqueio de cerca de R$ 950 milhões nas contas dos investigados. De acordo com a PF, os investigados usavam senhas de empregados da Caixa para inserir indevidamente dados no sistema, incluindo rendas fictícias, sem a apresentação de qualquer documento comprobatório – deste modo eram viabilizados os empréstimos. Quando o dinheiro era creditado nas contas indicadas, os investigados faziam saques e transferências, evitando que a Caixa viesse a bloquear os valores, após identificar a fraude.
Os alvos da operação serão indiciados por estelionato qualificado, falsificação de documento público, associação criminosa e lavagem de dinheiro. A PF vai investigar se houve a participação de empregados da Caixa nos crimes.

Nenhum comentário: