PROMOÇÃO

terça-feira, 31 de outubro de 2017

Ala tucana contrária a Tasso Jereissati quer que ele renuncie para disputar eleição

Foto: Agência Senado

A ala do PSDB contrária ao senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) quer que o presidente interino do partido renuncie ao cargo para concorrer ao cargo efetivo, em dezembro. Os aliados do governador Marconi Perillo (GO), possível postulante, diz que já que Tasso quer ser alçado ao posto, ele deve renunciar ao comando do partido, sob pena de ser apontado por usar a máquina da sigla para desequilibrar a disputa internamente. De acordo com a coluna Painel, da Folha, o grupo que tenta derrotar Tasso diz que o senador impõe sua narrativa contra o governo Michel Temer às custas da gestão tucana e do massacre público dos que discordam desse posicionamento. O estopim para a crisefoi a pesquisa encomendada pelo presidente interino, segundo a qual há forte desgaste do partido diante da opinião pública. O levantamento será oficialmente apresentado aos parlamentares tucanos nesta terça (31), na liderança da sigla na Câmara. A ala governista deve boicotar a reunião.

Nenhum comentário: