PROMOÇÃO

domingo, 22 de outubro de 2017

Justiça determina internação de adolescente autor de ataque em Goiânia

Foto: Reprodução / Sílvio Túlio / G1

A Justiça de Goiás determinou na noite deste sábado (21) a internação provisória, por 45 dias, do adolescente de 14 anos autor do ataque de arma de fogo que matou duas pessoas e deixou feridas outras quatro (veja aqui). A sentença acatou a recomendação do Ministério Público do Estado (ver aqui). Segundo a Agência Brasil, o adolescente deve ser transferido neste domingo (22), de acordo com informações de funcionários da Delegacia de Polícia de Apuração de Atos Infracionais. Ele ficará internado até o julgamento do caso pelo Juizado da Infância e Juventude, conforme previsto no Estatuto da Criança e do Adolescente. O Ministério Público também pediu que o adolescente seja colocado em separado dos demais internos, já que é filho de militares. Segundo o promotor, essa garantia ficou assegurada. Ainda segundo a Agência Brasil, a audiência de apresentação do adolescente à Vara da Infância e Juventude deve ocorrer nesta segunda-feira (23). A advogada da família, Rosangela Magalhães, disse que a decisão já era esperada e destacou que a maior preocupação é com a integridade do adolescente. O ataque ocorreu na manhã de sexta-feira (20) no Colégio Goyazes. Filho de um policial militar, o adolescente abriu fogo contra colegas em sala de aula. Segundo as investigações, ele agiu motivado por bullying e disse ter se inspirado nos casos de Columbine, nos Estados Unidos, e Realengo, no Rio de Janeiro, em que atiradores também abriram fogo dentro de escolas.

Nenhum comentário: