PROMOÇÃO

quinta-feira, 26 de outubro de 2017

Rodrigo Maia diz que reforma da Previdência precisa ser enxugada para passar

Foto: Lula Marques/AGPT

O presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia, afirmou após o arquivamento da denúncia contra o presidente Michel Temer, nesta quarta-feira (25) que a reforma da Previdência precisa ser enxugada e focada para passar pela Câmara e "acabar com a maior transferência de renda do mundo de pobres para ricos". As pautas econômicas do governo federal devem voltar a se intensificar no Congresso Nacional depois que os deputados livraram Temer pela segunda vez de uma investigação do Supremo Tribunal Federal (STF). Para o Maia, o Palácio do Planalto deve rever o texto para priorizar aspectos específicos que combatem o déficit da Previdência com maior eficácia. “É óbvio que um sistema onde 7 milhões [de pessoas] representam um déficit de R$ 150 bilhões por ano e um número de quase 30 milhões de pessoas representam um valor do déficit igual, tem coisa muito errada. A gente tem que priorizar a idade mínima, precisa priorizar a reforma [da aposentadoria] do serviço público e convencer a sociedade e os parlamentares de que essa não é uma pauta contra o Brasil, contra os brasileiros”, comentou o presidente da Câmara.

Nenhum comentário: