PROMOÇÃO

quinta-feira, 30 de novembro de 2017

Homem é preso ao tenta sacar R$ 90 mil

Resultado de imagem para plantao policial
Um homem que tentou sacar R$ 90 mil de uma pensão por morte, de uma idosa de 103 anos de idade, recebeu voz de prisão do gerente executivo do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) Fortaleza, Francismar Lucena, na tarde dessa quarta-feira (29). O suspeito foi levado para a sede da Superintendência da Polícia Federal (PF). De acordo com Lucena, o homem tentou retirar o benefício na agência do Bradesco localizado na Avenida Bezerra de Menezes, na posse de um documento de identificação falso da idosa e de uma procuração. A gerente do Bradesco desconfiou da atitude do homem e acionou o gerente executivo do INSS, que se dirigiu ao local para verificar a situação e decidiu, como servidor público, dar voz de prisão ao suspeito. "Ele (suspeito) alegou que tinha feito a procuração porque ele era sobrinho do marido da mulher. Ele veio em um carro alugado de Crateús para cá (Fortaleza). Já contou umas dez histórias diferentes", afirmou Francismar Lucena. O gerente executivo do INSS acrescentou que o suspeito já tinha ativado na Receita Federal o Cadastro de Pessoa Física (CPF) da idosa morta, para ter acesso à pensão integral por morte.

Aval

Lucena explicou que, caso o homem tivesse o direito de receber o benefício realmente, teria que ter o aval do INSS. "A fila está tão grande que o banco está orientado a não fornecer o benefício com a procuração. Tem que passar pelo INSS antes", explicou Francismar Lucena. O suspeito foi levado pelo gerente e por um inspetor da Polícia Civil à sede da Polícia Federal (PF) em Fortaleza, no Bairro de Fátima, para prestar esclarecimentos à autoridade policial. A reportagem procurou a PF, por meio da Assessoria de Comunicação, para obter detalhes sobre a prisão, mas até o fechamento desta matéria não havia enviado respostas.


Diario do Nordeste

Nenhum comentário: