PROMOÇÃO

sexta-feira, 29 de dezembro de 2017

Candidatura de Lula será relançada após julgamento; ato independe de sentença

Foto: Ricardo Stuckert/ Instituto Lula

O PT planeja para o dia seguinte ao julgamento em segunda instância de Lula no Tribunal Regional Eleitoral da 4ª Região (TRF4), macado para 24 de janeiro, uma reunião ampliada da executiva do partido onde a candidatura dele será realizada. Segundo informações da coluna Painel, do jornal Folha de S. Paulo, deputados, senadores e governadores foram convidados para o evento, que ocorrerá independente da decisão judicial que seja tomada pelos desembargadores. O ato já é visto como um gesto de resistência – há uma expectativa generalizada que o tribunal confirme a condenação emitida pelo juiz Sérgio Moro no caso do tríplex do Guarujá, em São Paulo. O roteiro de mobilizações em torno do julgamento já está praticamente fechado: no dia 13 ao dia 22, será feita panfletagem. O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) fará acampamento em Porto Alegre. Outros movimentos sociais devem chegar à cidade no dia 23, véspera do julgamento. Uma série de apresentações no Fórum Social Mundial também está prevista na mesma data e há negociações para que personalidades falem sobre Lula no evento. Militantes farão caminhada até o TRF4 e ficarão de vigília até a manhã do julgamento. Em São Paulo, o PT planejou um grande ato para receber o ex-presidente já no dia 24.

Nenhum comentário: