PROMOÇÃO

segunda-feira, 25 de dezembro de 2017

PM saca arma dentro de boate, agride outros policiais e acaba preso

Resultado de imagem para plantao policial
Dois sargentos foram agredidos pelo soldado, que responderá a quatro crimes

Um soldado da Polícia Militar do Ceará, que estava de folga e alcoolizado, sacou uma arma de fogo dentro de uma boate, na Avenida Tristão Gonçalves, no Centro de Fortaleza, na manhã deste domingo (24). Outros policiais militares foram acionados para conter o companheiro de farda e foram agredidos, mas acabaram prendendo o PM.

De acordo com o comandante de Policiamento da Capital (CPC), coronel Francisco Souto, já era por volta de 5h30 quando o militar identificado apenas como soldado Caio sacou uma pistola Ponto 40 e discutiu com o segurança da boate. Conforme a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), populares que se encontravam no estabelecimento acionaram a Polícia Militar.

A primeira equipe policial deslocada para a ocorrência não conseguiu controlar o soldado, que é lutador de artes marciais, e um reforço policial foi convocado, segundo o coronel Souto.

"Os PMs tentaram mediar a situação, mas o soldado não atendeu aos chamados e começou a agredir os sargentos. Após ser contido, o soldado foi imobilizado e colocado dentro do xadrez da viatura, além de ter sua arma apreendida pelos agentes. Mesmo detido dentro do veículo, o soldado danificou o xadrez com chutes e pontapés", informou a SSPDS, em nota.

Policial responderá por quatro crimes


O PM foi levado à sede da SSPDS, na Avenida Bezerra de Menezes, bairro São Gerardo, para prestar esclarecimentos e acabou autuado em flagrante pelos crimes de desacato, resistência, dano e insubordinação militar, segundo a Pasta.


Em seguida, o soldado Caio foi encaminhado à Perícia Forense do Ceará (Pefoce) para realizar exames, e será conduzido para a sede do 5º Batalhão de Polícia Militar (BPM), no Centro, onde ficará detido. Um inquérito policial militar foi aberto para apurar a conduta do agente de segurança.

Dois sargentos foram agredidos pelo soldado

Ainda conforme a SSPDS, dois sargentos da Polícia Militar foram agredidos pelo soldado alcoolizado, mas tiveram apenas ferimentos leves e passam bem.


Segundo o coronel Souto, o soldado Caio era lotado no 8º BPM (Meireles) e ingressou recentemente na Polícia. "Ele não tinha ainda maturidade para andar armado. Vai ter que responder pelo que fez, para sabermos se ele tem condições de permanecer na PM", afirmou o comandante do CPC.

Diario do Nordeste

Nenhum comentário: