PROMOÇÃO

terça-feira, 2 de janeiro de 2018

Policial militar é baleada na boca após tentativa de assalto no bairro Damas

A soldado Sara Valeska de Oliveira Barreto foi atingida com um tiro na boca após tentativa de assalto nesta segunda-feira (1º), por volta de 5h30 ( Foto: Arquivo Pessoal )

Uma agente da Polícia Militar (PM) foibaleada na manhã desta segunda-feira (1º) no momento em que saía do condomínio onde mora para iniciar seu expediente. De acordo com informações da Secretaria da Segurança e Defesa Social (SSPDS), a soldado Sara Valeska de Oliveira Barreto foi atingida com um tiro na boca após tentativa de assalto no bairro Damas, por volta de 5h30.

Segundo a pasta, a soldado seguia para o trabalho acompanhada de uma colega, também policial, quando o veículo em que estava foi interceptado por outro carro. Homens armados desceram do veículo e anunciaram o assalto, mas a agente deu marcha à ré para tentar evitar o crime. Os suspeitos, então, atiraram contra as policiais e acertaram um tiro em Sara Valeska, após uma bala perfurar o para-brisa. Eles fugiram do local após a ação criminosa.

Conforme a SSPDS, a vítima foi socorrida e encaminhada para o Instituto Doutor José Frota (IJF), onde deu entrada consciente, por volta de 6h, e passa por exames. Ainda nesta segunda-feira, a PM deve passar por uma cirurgia para a retirada da bala. O atual estado de saúde da agente ainda não foi divulgado.

Investigações


A Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), por meio da 11° Delegacia da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) está a cargo das investigações sobre o caso e segue em diligência, com o objetivo de identificar, localizar e capturar os responsáveis pela ação. Até o momento, ninguém foi preso.


A SSPDS também reforça que a população pode contribuir com as investigações repassando informações que possam ajudar na elucidação do caso. As denúncias podem ser feitas pelo número 181, o Disque Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), para o (85) 3257-8807, da DHPP, ou ainda para o número (85) 99111-7498, que é o Whatsapp da Divisão. O sigilo é garantido.

Diario do Nordeste

Nenhum comentário: