PROMOÇÃO

terça-feira, 6 de fevereiro de 2018

Bandidos que explodiram carro-forte no Ceará são caçados na divisa com o RN

O blindado foi destruído por conta da explosão - Ataque ocorreu no fim da tarde de ontem

Continua na divisa do Ceará com o Rio Grande do Norte um grande cerco policial que teve início na tarde desta segunda-feira (5), após uma quadrilha atacar e explodir um carro-forte em território cearense. O crime ocorreu por volta das 17 horas na altura da localidade de Cacimba Funda, zona rural do Município de Aracati. Este foi o primeiro roubado a carro-forte no Ceará, em 2018, e aconteceu de forma violenta. O veículo da empresa de transporte de valores Brink’s foi interceptado pela quadrilha quando seguia para o Interior. Os criminosos passaram a atirar para forçar o motorista a parar, sob ameaça de explodi-lo com os vigilantes dentro. Os pneus do carro-forte foram furados a tiros. Já rendidos diante do poder de fogo maior da quadrilha, os vigilantes foram obrigados a correr para o mato, deixando suas armas com os ladrões. O passo seguinte da quadrilha foi explodir o veículo para a retirada do dinheiro que estava guardado em malotes no cofre do blindado. Com a detonação dos explosivos, o carro-forte ficou completamente destroçado.


Fuga e incêndio - Logo em seguida, a quadrilha fugiu do local em direção ao Rio Grande do Norte.
Segundo o relato dos seguranças, o bando estaria em vários veículos, entre eles, uma caminhonete Amarok branca e uma Hilux. Um dos veículos foi incendiado pelos ladrões durante a fuga. Policiais do 1º BPM (Russas) e do Comando Tático Rural (Cotar), do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque), do Batalhão de Divisas, do Batalhão de Policiamento Rodoviário Estadual (BPRE), além da Polícia Rodoviária Federal (PRF), iniciaram um cerco na região. Contudo, até o começo da manhã desta terça-feira, os criminosos não haviam sido localizados.

A empresa de segurança não informou o valor que teria sido levado pelos bandidos. Nenhum dos vigilantes ficou ferido. A Polícia suspeita que a ação criminosa tenha sido praticada por uma quadrilha interestadual.

Pinheirinho

Nenhum comentário: