PROMOÇÃO

quinta-feira, 15 de março de 2018

Governo licita aluguel de carros blindados para atender gabinete de Camilo Santana

O Governo do Estado vai licitar aluguel de carros blindados, do tipo executivo, para atender o gabinete do governador. O aviso de licitação, através da Secretaria da Casa Civil, foi publicado no Diário Oficial do dia 9 de março e será feita pela modalidade pregão eletrônico. A blindagem de veículo é uma proteção balística de nível III – A, segundo especificação dada pelo governo. Empresas que fazem blindagem em veículos ouvidas pela produção da TV Jangadeiro/SBT explicaram que esse tipo de blindagem protege contra todas as armas, exceto as variações de fuzis. A licitação é para locação na modalidade de diária, em todo o território nacional. Nesse mesmo modelo que o governo está licitando, as empresas de blindagem cobram entre R$ 30 e 35 mil. Licitação semelhante, com as mesmas especificações, já haviam sido feitas em pelo menos outras duas ocasiões: em 2015 e em 2017. Essa nova licitação acontece em um momento em que o Ceará ganha destaque nacional com aumento dos casos de homicídios esse ano. Já são 845 mortes no somatório de janeiro e fevereiro. Até o dia 12 de março já foram 1.010 homicídios – e registros de 4 chacinas que resultaram em 35 mortes somente neste ano.


Em nota, a Casa Militar do Governo do Ceará esclarece que o procedimento de locação de veículos blindados obedece a protocolos técnicos de segurança nacionais, sendo utilizados por todas as casas militares estaduais, bem como o gabinete de segurança institucional, da Presidência da República. “O instrumento é utilizado há anos pelo governo do Ceará como reforço de segurança, quando requisitado, por autoridades em visitas oficiais ao estado”.


A Casa Civil informa que o presente contrato teve pregão realizado ainda em dezembro do ano passado, mas – em virtude da falta de concorrentes – contou com aviso de licitação reeditado, com o mesmo nível de blindagem já exigido desde 2011. “O contrato estipula em 120 diárias o serviço, enfatizando o caráter de uso excepcional da medida”, conclui a nota.

Fonte: Tribuna do Ceará

Nenhum comentário: