PROMOÇÃO

sexta-feira, 30 de março de 2018

Operação contra amigos de Temer é indicativo de terceira denúncia, avaliam aliados

Foto: Lula Marques / Agência PT

Auxiliares de Michel Temer admitem que os desdobramentos da operação que prendeu amigos do presidente, no âmbito do inquérito que apura irregularidades no Decreto dos Portos, podem levar a uma terceira denúncia contra o emedebista e inviabilizar o projeto de reeleição de Temer, que estava sendo consolidado nos últimos dias. Para interlocutores ouvidos pelo Estado, a operação desta quinta-feira (29) é, "sem dúvida", um indicativo de que a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, possa apresentar uma terceira denúncia contra Temer. Raquel vem avançando nas investigações e chegou a pedir a quebra dos sigilos fiscais do presidente. A avaliação do Planalto, caso a terceira denúncia se concretize, é que as pretensões políticas do presidente seriam minadas, já que ele teria que novamente se dedicar a barrar o avanço da investigação no Congresso.

Nenhum comentário: