PROMOÇÃO

quinta-feira, 17 de maio de 2018

Adolescente é morto dentro de escola pública em Horizonte

De acordo com um policial militar, o adolescente estudava até o ano anterior na unidade escolar


Em torno de 13h30 de ontem (16), um adolescente, de 15 anos, com iniciais D. N. Foi assassinado no pátio interno da Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) José Eduardo de Sousa, na Rua Maria Luiza Noronha, bairro Zumbi, na cidade de Horizonte, Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). O jovem era ex-aluno da Instituição e o crime foi confirmado pela Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) do Governo do Estado.

O adolescente estudava até o ano anterior na unidade escolar, de acordo com um policial militar; e estava do lado de fora, próximo ao portão da Instituição, antes de dois homens em uma motocicleta descerem do veículo e um deles começar a efetuar disparos em sua direção.

De capacete com viseira, para dificultar a identificação, o homem teria ido em direção ao jovem e o atingido antes de ele entrar no colégio tentando fugir do executor. As informações da PM apontam que a vítima conseguiu entrar na escola, mas o homicida também invadiu o prédio e disparou mais tiros no adolescente no momento em que ele alcançava o pátio interno.


Policiais militares foram acionados para a escola, onde isolaram a área. Efetivos da Polícia Civil e da Perícia Forense do Ceará (Pefoce) compareceram ao local na tarde de ontem e iniciaram a investigação.


Apuração

Segundo a SSPDS, diligências foram realizadas durante o dia a fim de localizar os autores do crime. De acordo com a PM da região, há câmeras de videomonitoramento nas proximidades, mas a distância não permite que as imagens identifiquem os suspeitos ou a moto. A investigação está a cargo da Delegacia Municipal de Horizonte.

A assessoria de comunicação da Secretaria de Educação do Município disse que o caso está sendo apurado pela Polícia Civil da cidade e recebe acompanhamento do Conselho Tutelar. Segundo o órgão, tudo ocorria de forma "natural e normal" até o ocorrido, uma vez que as aulas iriam ser iniciadas minutos depois do fato.

A assessoria disse que a gestão escolar fica na porta da Instituição nos momentos de entrada e saída de alunos e não havia como impedir que o crime não ocorresse ali porque o trânsito de estudantes é controlado por um porteiro. A reportagem tentou entrar em contato com o titular da Secretaria de Educação, Reginaldo Cavalcante, mas não obteve resposta nas ligações. O órgão também optou por não enviar nota relativa ao caso.

Outros casos

O ano de 2018 já possui ao menos cinco mortes de adolescentes relacionadas a Instituições de Ensino no Ceará. Algumas das vítimas foram assassinadas dentro de escolas, na entrada ou a caminho das aulas. Apesar dos acontecimentos recorrentes, não houve ação policial capaz de garantir a vida dos jovens mesmo no entorno ou dentro de escolas públicas do Estado.

No mês passado, ao menos três casos de adolescentes mortos nas proximidades ou nas dependências de escolas foram registrados. Em 18 de abril, um estudante, de 15 anos, foi morto enquanto estava a caminho do colégio, que fica no bairro Buriti, em Pacajus, na RMF.

Em 9 de abril deste ano, um estudante de 15 anos foi morto nas imediações da Escola de Ensino Fundamental e Médio José Sarney, no bairro Araturi, Município de Caucaia também na RMF. O adolescente foi confundido com o primo, o real alvo dos criminosos; a dupla foi capturada pela Polícia.

Um jovem foi morto ainda no dia 4 de abril, dentro da Escola de Ensino Fundamental e Médio Eunice Weaver, na localidade de Pau Serrado, no Município de Maranguape (RMF). O aluno da Instituição foi assassinado dentro de uma sala de aula.

Em 2 de fevereiro, uma adolescente foi morta a caminho da escola, no bairro Presidente Vargas, em Fortaleza; ela estaria chegando ao colégio quando foi surpreendida por um tiroteio entre facções criminosas.

por Cadu Freitas - Repórter
Diario do Nordeste

Nenhum comentário: