PROMOÇÃO

terça-feira, 22 de maio de 2018

Odebrecht reúne R$ 47 bilhões em dívidas; possível calote ameaça bancos

Foto: Divulgação

Com R$ 47 bilhões de dívidas a bancos, a Odebrecht corre o risco de não conseguir pagar parte de sua dívida, o que pode afetar diretamente os bancos brasileiros. Somente os bancos públicos reúnem cerca de R$ 30 bilhões desse total. O BNDES é o maior credor, com R$ 13 bilhões, seguidos do Banco do Brasil e da Caixa, com R$ 10 bilhões e R$ 7,5 bilhões, respectivamente. O temor dos bancos é de que a Odebrecht não consiga pagar o que deve e, por conta disso, um processo de vencimento antecipado de toda a dívida seja desencadeado, levando os bancos a terem que fazer provisões para perdas que podem afetar diretamente seus lucros. A crise pode chegar, também, nos bancos privados. Entre eles, os maiores credores são Itaú e Bradesco, com R$ 4,5 bilhões cada um, seguidos de Santander e Sumitomo, com R$ 1,5 bilhões cada e Votorantim, com R$ 800 milhões.

Nenhum comentário: