PROMOÇÃO

quarta-feira, 30 de maio de 2018

Tribunal Superior do Trabalho manda suspender paralisação dos petroleiros

Foto: Divulgação

A ministra do Tribunal Superior do Trabalho (TST), Maria de Assis Calsing, determinou que as entidades sindicais representativas dos petroleiros suspendam a paralisação das atividades, que estava marcada para iniciar nesta quarta-feira (30). A magistrada ainda definiu pena de multa diária no valor de R$ 500 mil em caso de descumprimento. Na decisão, Maria Calsing há um “caráter aparentemente abusivo da greve”. Disse, ainda, que “beira o oportunismo” a deflagração da greve na esteira da paralisação dos caminhoneiros. Ressaltou também que a paralisação anunciada não possui pauta de reivindicações que trate das condições de trabalho dos empregados da Petrobras, “até porque não se vislumbra a proximidade da data-base da categoria e há notícia inclusive que se encontra vigente acordo coletivo de trabalho celebrado entre os atores sociais até 2019”.

Nenhum comentário: