PROMOÇÃO

terça-feira, 5 de junho de 2018

PESQUISA EM FORTALEZA Apenas um posto reduz diesel em R$ 0,46; maioria não informa sobre corte

De acordo com medida Federal, locais devem dizer qual era o preço do diesel no dia 21 de maio como confirmação

A reportagem visitou mais de 15 postos de combustíveis nessa segunda-feira (4). Em apenas um deles, foi verificado o anúncio de redução do valor cobrado pelo litro do diesel, conforme determinação de portaria publicada pelo governo federal ( FOTO: SAMUEL QUINTELA )

No décimo segundo dia consecutivo de pesquisa direta do Diário do Nordeste, foi praticamente impossível encontrar um posto de combustível que exibisse o preço do diesel do último dia 21 de março. A medida havia sido determinada em portaria, publicada no dia 1º de junho pelo Governo Federal, para informar o consumidor sobre a redução dos 46 centavos no valor do insumo para atender pleitos dos caminhoneiros durante a paralisação das últimas semanas. Na Capital cearense, no entanto, a reportagem encontrou apenas um, dos mais de 15 locais visitados, que cumprisse o despacho, publicado no Diário Oficial da União.


Mas de acordo com o assessor econômico do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo do Estado do Ceará (Sindipostos-CE), Antônio José Costa, a ordem federal não especifica a forma como o cliente deve ser informado do preço praticado no dia 21 de maio. "Nós apenas informamos que os postos devem colocar ou não. A lei só fala que o cliente deve ser informado, mas não define a forma como deve ser feito, pode ser tanto com uma placa ou oralmente", disse Costa.


Mesmo assim, o único posto que continha qualquer tipo de menção à alteração era o Padre Pio II, da Ipiranga, localizado na BR-116. O aviso, contudo, era extremamente discreto e só podia ser visto em uma das placas informativas de preços, impresso em uma folha de papel. Nos outros estabelecimentos, nenhum dos frentistas sabia informar o preço que estava sendo praticado no dia 21 ou tinham qualquer conhecimento sobre a determinação federal. "Isso aí você tem que perguntar para a gerência", afirmou um dos funcionários do posto Bela Vista II, da bandeira Shell, na avenida Barão de Studart. Lá o litro do diesel estava sendo comercializado a R$ 3,41, valor 42 centavos mais barato do que o anterior.

Redução

E o Bela Vista II não foi o único a, de fato, reduzir o preço do diesel na revenda. No entanto, muitos dos estabelecimentos visitados pela reportagem apresentaram uma diminuição um pouco menor do que os 46 centavos determinados. Alguns ficaram bem perto, como o Shell no cruzamento da rua Visconde do Rio Branco com avenida Pontes Vieira. Lá, a redução foi de 44 centavos, baixando de R$ 4,19, pelo litro do diesel, para R$ 3,75.

O Padre Pio II, único a ter o aviso, também teve uma redução menor do que o previsto pela o que publicado no Diário Oficial da União, de 40 centavos. Antes o diesel era revendido a R$ 3,89 por cada litro. O posto BR da avenida Rui Barbosa, próximo a rua Soriano Albuquerque, foi o único estabelecimento visitado que apresentou a redução de 46 centavos, passando de R$ 3,87 para R$ 3,41.

Explicação

De acordo com o assessor econômico do Sindipostos-CE, a redução nos preços do combustível em Fortaleza não aconteceu por completo porque a distribuidora não repassou ainda o desconto proporcional aos valores que devem ser empregados nos postos.

Já o presidente da Federação Nacional do Comércio de Combustíveis e Lubrificantes (Fecombustíveis), Paulo Miranda Soares, disse que os postos estão esperando uma orientação do governo aos Procons para reduzir os preços.

"A portaria (que determinou o repasse do desconto às bombas) é muito superficial e genérica. Não dá para saber o que o governo quer", informou Soares, que também disse ter pedido mais esclarecimentos sobre o assunto ao Ministério da Justiça.

A dúvida se deve ao fato de o desconto recair sobre o preço nas refinarias.

Nenhum comentário: