PROMOÇÃO

sexta-feira, 8 de junho de 2018

Vereadora do Paraná é afastada por ter apresentado atestado médico para ir a RiR

Foto: Reprodução / G1 PR

Uma vereadora da cidade de Foz do Iguaçu, no Paraná, foi afastada das atividades por 30 dias pelo Conselho de Ética da Câmara Municipal. Os membros da comissão, que a investiga por quebra de decoro parlamentar, concluíram que Nanci Rafain Andreola (PDT) apresentou um atestado médico para justificar sua ausência em uma sessão realizada um dia antes de ela viajar para o Rock in Rio, no Rio de Janeiro, em setembro de 2017. No entanto, o Conselho aponta que a edil não compareceu a nenhuma unidade de saúde. Segundo informações do G1, esse foi o relatório final produzido pelo vereador João Miranda (PSD) e lido na sessão realizada nessa quarta-feira (6). O texto deve ser votado em plenário até o fim deste mês. Se a recomendação de Miranda for aceita, Nanci também não vai receber o salário referente ao tempo de suspensão do mandato, que é de um mês. De acordo com a publicação, o relator pontuou que o atestado apresentado pela vereadora não poderia ser válido, uma vez que a própria assumiu não ter ido à consulta e o médico que teria assinado o documento disse que não emitiu o atestado e que nem conhece a vereadora. Em depoimento encaminhado ao Conselho, o médico Maxsuel Fidélis da Pádua Almeida afirmou que soube da notícia apenas pelos jornais. "Não confirmo a emissão do atestado e ainda menciono que a letra e a assinatura do atestado não é minha", declarou na oportunidade. O vereador Márcio Rosa (PSD), que preside o Conselho de Ética, disse que Nanci contestou as declarações do médico. Toda a investigação na comissão da Câmara teve início após uma denúncia de que ela teria utilizado o documento como justificativa para curtir o festival.

Nenhum comentário: