PROMOÇÃO

quarta-feira, 4 de julho de 2018

Geddel é absolvido do crime de obstrução de Justiça em ação envolvendo Lúcio Funaro

Foto: Agência Brasil

O ex-ministro Geddel Vieira Lima (MDB) foi absolvido nesta quarta-feira (4) da acusação de que teria obstruído as investigações das operações Cui Bono e Sépsis. Nelas, o emedebista é investigado por crimes de organização criminosa porque supostamente recebeu propina para liberar empréstimos do FI-FGTS, o fundo de investimento da Caixa Econômica Federal. A decisão é do juiz Vallisney de Souza Oliveira, da 10ª Vara Federal de Brasília.

Segundo denúncia oferecida pelo Ministério Público Federal, Geddel teria tentado impedir a celebração de um acordo de delação premiada do operador financeiro Lúcio Bolonha Funaro, apontado como parceiro do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) em vários esquemas de propina, inclusive na Caixa.


por Fernando Duarte / Bruno Luiz

Nenhum comentário: