PROMOÇÃO

quarta-feira, 15 de agosto de 2018

Anistia Internacional cobra investigação independente sobre caso Marielle

Foto: Reprodução/ EBC

Um documento de cobrança de respostas sobre o assassinato da vereadora Marielle Franco e do motorista, Anderson Gomes foi protocolado nesta terça-feira (14), pela Anistia Internacional no Rio de Janeiro. O caso completa nesta terça cinco meses e ainda não há respostas.

O ofício foi entregue a representantes municipais e federais da segurança pública e solicita que as investigações não sejam negligenciadas durante o período eleitoral, uma vez que o assunto que toma as pautas do país.

“Estamos reivindicando que se constitua um mecanismo independente e imparcial, formado por especialistas, juristas, advogados, peritos que não tenham vínculo com o Estado que não tenham conflito de interesses e monitorem”, disse a diretora da organização, Jurema Werneck.

Ainda segundo ela, a Anistia Internacional tentou marcar uma audiência com secretário de Segurança do Rio, general Richard Nunes, e também com o general interventor, Braga Netto, mas não obteve respostas.

Nenhum comentário: