PROMOÇÃO

sábado, 4 de agosto de 2018

Empresa de portos colabora em investigação da PGR contra Temer

Foto: Reprodução/ EBC

A empresa de portos Pérola SA, que opera um terminal no Porto de Santos, passou a colaborar com a procuradoria Geral da República (PGR) em investigação contra Michel Temer no inquérito que apura se o presidente foi beneficiado para favorecer empresas do setor portuário. A petição tramita em sigilo no tribunal e foi apensada ao inquérito aberto em setembro de 2017, que apura se Temer praticou os crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro ao editar um decreto alterando normas portuárias. O presidente nega todas as suspeitas da PF. A Pérola SA opera um terminal no Porto de Santos, que tem o Grupo Rodrimar como acionista com 20% do capital. De acordo com a Folha, os diretores da empresa já entregaram à PGR a base de dados do terminal portuário. O material inclui e-mails, HD dos computadores de executivos, notas fiscais e informações sobre uso de celulares.

Nenhum comentário: