PROMOÇÃO

quinta-feira, 30 de agosto de 2018

NA CAPITAL PF prende quadrilha que furtava Correios

Imagem relacionada
Uma quadrilha especializada em furtos contra agências da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos foi desarticulada na madrugada de ontem. Conforme a Superintendência Regional da Polícia Federal (PF) no Ceará, cinco homens foram presos em flagrante. As identidades dos suspeitos não foram reveladas.

O bando foi abordado por policiais federais, com a ajuda da Polícia Militar, no momento em que tentava furtar um estabelecimento comercial, no bairro Montese, em Fortaleza. Os suspeitos vinham sendo investigados há oito meses e já teriam participado de diversos furtos no Estado, segundo a PF.

O titular da Delegacia de Investigação de Crimes contra o Patrimônio (Delepat), delegado Francisco José Martins, contou que todos os suspeitos são jovens, de aproximadamente 25 anos. Quatro deles são naturais do Amapá, e o outro é cearense. Com o grupo, foram apreendidos equipamentos que seriam utilizados para arrombamento.

Ao perceber as presenças dos policiais, parte dos suspeitos tentou fugir e chegou a entrar na caixa d'água da loja. Os suspeitos foram conduzidos à sede Superintendência e devem responder pelos crimes de furto qualificado e associação criminosa, com penas de 3 a 8 anos.

Investigação

De acordo com o titular da Delepat, delegado Francisco José Martins, a quadrilha teria sido responsável por pelo menos dois ataques contra agências dos Correios, no ano passado - sendo um no Município de Redenção e outro em Guaramiranga.

O delegado contou que, nos furtos anteriores, foram colhidas provas que levaram a investigação até os suspeitos. Em depoimento à Polícia, ele negaram pertencer a facções criminosas.

"Eles não se dizem faccionados. Quando nós os encontramos no Montese, pensávamos que eles fossem agir de novo contra os Correios ou até mesmo uma agência bancária. Mas a tentativa foi contra uma loja. A equipe já estava a postos e interveio", explicou Francisco Martins.

Diario do Nordeste

Nenhum comentário: