PROMOÇÃO

quarta-feira, 15 de agosto de 2018

NO CARIRI Empresário é solto por habeas corpus


O empresário Yury Bruno Alencar Araújo, conhecido como 'Yury do Paredão', foi solto ontem, em cumprimento da liminar em habeas corpus concedida pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), na última segunda-feira (13). A decisão do ministro Reynaldo Soares da Fonseca revoga a prisão preventiva que havia sido decretada pelo juiz da 1ª Vara Criminal de Juazeiro do Norte. Yuri havia sido preso no último dia 6 de agosto, em Juazeiro do Norte (a cerca de 495 km de distância de Fortaleza), após um vídeo em que ele aparece atirando contra seu caseiro circular nas redes sociais.

Antes da decisão do STJ, o Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) havia negado, na última quinta-feira (9), um pedido de liberdade feito pela defesa do empresário. Procurado pela reportagem, o advogado Leandro Vasques criticou a decisão das autoridades em manter o cliente detido. "A prisão imposta a Yury, mais de oito meses após os fatos, foi um dos maiores excessos que já vi nos meus 25 anos de atuação profissional. O Ministério Público e o Poder Judiciário quiseram transformar a prisão preventiva, a mais severa das medidas cautelares, em uma lição de moral, em um instrumento de vingança social absolutamente desproporcional", afirmou.

Prisão

A Polícia Civil cumpriu o mandado de prisão preventiva, contra o empresário, a pedido do Ministério Público do Ceará (MPCE), pelos crimes de porte ilegal de arma de fogo de uso restrito e disparo de arma de fogo.

'Yury do Paredão' se apresentou à Polícia Civil e entregou a arma de fogo usada no vídeo, que pertence à Polícia Militar de Pernambuco. O empresário foi recolhido à Cadeia Pública de Juazeiro do Norte e depois, transferido para a Penitenciária Industrial Regional do Cariri (Pirc).
Diario do Nordeste

Nenhum comentário: