PROMOÇÃO

quarta-feira, 24 de outubro de 2018

Justiça condena Odebrecht, OAS e Queiroz Galvão a pagarem R$ 104 milhões

Foto: Reprodução / EBC

As empreiteiras Odebrecht, Queiroz Galvão e OAS foram condenas pela Justiça Federal de Pernambuco em uma ação civil por prejudicarem os cofres públicos em R$ 89 milhões. A justiça entendeu que as empresas praticaram sobrepreço na implantação de um sistema de abastecimento de água.

Pela determinação da Justiça, as empresas terão que ressarcir o valor e ainda pagar uma multa de R$ 15 milhões pelo prejuízo identificado na obra do Sistema Produtor Pirapama. O pagamento dos R$ 89 milhões deve ser dividido entre todos os réus, segundo a sentença.

De acordo com a Folha, a obra foi mencionada na delação da Odebrecht, embora a empresa sempre tenha dito que não houve superfaturamento nas construções que mencionou em seu acordo com a força-tarefa da Lava Jato.

Nenhum comentário: