PROMOÇÃO

sexta-feira, 7 de dezembro de 2018

Justiça suspende acordo e impede venda de parte da Embraer para a Boeing

Foto: Sgt.Batista / Agência FAB

A Justiça de São Paulo concedeu uma liminar que impede a venda de parte da Embraer para a Boeing. Segundo informações da Folha de S. Paulo, haviam anunciado em julho a assinatura de memorando de entendimento para selar o acordo.

A decisão impede que o conselho de administração da Embraer permita a separação da área comercial da empresa para formar uma joint venture - uma nova empresa - com a Boeing. A ação popular é movida por quatro deputados do PT, incluindo o baiano Nelson Pelegrino.

De acordo com informações do G1, a nova empresa era avaliada em US$ 4,75 bilhões. O acordo previa que a Boeing ficaria com 80% do novo negócio, enquanto a Embraer teria os 20% restantes.

Nenhum comentário: