quinta-feira, 17 de janeiro de 2019

Criminosos invadem UPA e assaltam pacientes e funcionários em Fortaleza, dizem testemunhas

Pacientes relatam que houve roubo de celulares das pessoas presentes. Secretaria da Saúde afirma que foi uma "tentativa frustrada" de assaltar vigilante.


Homem invade UPA e assalta pacientes e funcionários em Fortaleza

Criminosos invadiram uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) em Fortaleza e assaltaram pacientes e funcionários, de acordo com testemunhas. O crime foi registrado por câmeras de segurança da UPA do Jangurussu, na noite de terça-feira (15). Nas imagens, é possível ver o momento em que o rapaz pressiona o vigilante contra a parede. Segundo pessoas que estavam no local, ele pedia a pistola do funcionário, que não portava arma. Com a movimentação, os pacientes correm e tentam se esconder. Uma mulher que não quis se identificar falou para o assaltante que não tinha nada de valor e deixou o local em seguida. Segundo as testemunhas, três homens armados roubaram aparelhos celulares, carteiras e dinheiro dos seguranças, pacientes, médicos e acompanhantes. Uma mãe chegou a tirar o tubo de soro do braço do filho para fugir da unidade durante uma ação criminosa.

Pacientes correm após anúncio de assalto em UPA em Fortaleza — Foto: Reprodução

Já a Secretaria Municipal de Saúde de Fortaleza informou em nota que "o vigilante da UPA do Jangurussu sofreu uma tentativa de assalto frustrada". De acordo com a pasta, a "segurança no equipamento, que funciona normalmente nesta quarta-feira, foi reforçada". Equipes da Polícia Militar e da Guarda Municipal foram à unidade após o crime. Por causa do assalto, os atendimentos na UPA do Jangurussu chegaram a ser suspensos, mas foram retomados nesta manhã, com policiamento reforçado.


Por G1 CE

Nenhum comentário: