terça-feira, 29 de janeiro de 2019

Jornalista é detido na Venezuela e associações de imprensa emitem nota de repúdio

Foto: Reprodução / UNG

O jornalista Rodrigo Lopes, do jornal Zero Hora, foi detido por cerca de duas horas em Caracas, na Venezuela. A Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (ABERT), Associação Nacional dos Editores de Revistas (ANER) e a Associação Nacional de Jornais (ANJ) emitiram nota de indignação após o ocorrido.

Para as entidades, "trata-se de mais um episódio de ataque ao livre exercício do jornalismo, cometido pelo regime e Nicolás Maduro, que há muito abdicou da fachada de aparente democracia". No texto as associações se solidarizam com jornalistas, estrangeiros e venezuelanos, "que tentam fazer seu trabalho em meio às ameaças do regime bolivariano".

Por fim, as associações pedem que o governo brasileiro faça com que o protesto chegue até o governo venezuelano.

Nenhum comentário: