quinta-feira, 24 de janeiro de 2019

MPF arquiva investigação de acidente que matou Zavascki

Foto: Reprodução / Tomaz Silva / Agência Brasil

O Ministério Público Federal (MPF) arquivou a investigação sobre o acidente aéreo que resultou na morte do ministro do Supremo Tribunal Federa (STF), Teori Zavascki. Os procuradores afastaram completamente a hipótese de homicídio. 

O acidente ocorreu em janeiro de 2017. A aeronave partiu do Aeródromo Campo de Marte, zona norte de São Paulo, em direção ao Aeródromo de Paraty, litoral sul do Rio de Janeiro. Antes de pousar, a aeronave caiu na água. Além de Zavascki, quatro outras pessoas morreram no acidente. 

Os laudos periciais indicaram que o modelo apresentava perfeito funcionamento e estava regularizado. Porém, as condições de posuo indicavam baixa visibilidade, com elevado risco de acidente, e mesmo assim o piloto optou por pousar. 

Segundo o site da revista ISTOÉ, a conclusão foi de que as causas do acidente decorreram de imperfeições de condução do voo. O piloto, sem intenção, violou deveres objetivos de cuidado.

Nenhum comentário: