segunda-feira, 21 de janeiro de 2019

Palocci diz que Lula pediu R$ 30 milhões para Delfim e Bumlai em obra de Belo Monte

Marcello Casal Jr/Agência Brasil

O ex-ministro da Fazenda e da Casa Civil Antonio Palocci afirmou, em delação premiada que Delfim Netto, ministro da Fazenda do regime militar, nos anos 1970, recebeu R$ 4 milhões de um acerto de R$ 15 milhões de propinas ao PT supostamente repassados pela Andrade Gutierrez. Delfim ficou famoso como o ministro do "milagre econômico".

Em nove de março de 2018, o Delfim foi alvo de buscas e apreensões no âmbito da Operação Buona Fortuna, 49ª fase da Lava Jato. Segundo os investigadores, já foram rastreados pagamentos em valores superiores a R$ 4 milhões de um total estimado em R$ 15 milhões.

Nenhum comentário: