quinta-feira, 31 de janeiro de 2019

PF deflagra 59ª fase da Lava Jato e prende dois em investigação sobre caso Transpetro

Foto: Divulgação

A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta quinta-feira (31), a 59ª fase da Operação Lava Jato e prendeu o ex-presidente de empresas do Grupo Estre, Wilson Quintella Filho, e o advogado e ex-executivo do grupo, Mauro de Morais.

A PF cumpre 15 mandados de busca e apreensão e três de prisão temporária. As ordens estão sendo cumpridas em São Paulo e Araçatuba, no interior paulista.

A atual fase mira o pagamento de propinas pelo Grupo Estre em contratos de serviços na área ambiental, reabilitação de dutos e construção naval da Transpetro. O Grupo Estre pertence ao banco BTG Pactual, de André Esteves, que foi preso em 2015 por obstruir as investigações da Lava Jato, de acordo com a Procuradoria-Geral da República (PGR).

Na época, segundo a PGR, o ex-senador Delcídio Amaral prometeu pagar R$ 50 mil mensais para a família de Nestor Cerveró, ex-diretor da Petrobras, para evitar que ele fizesse delação premiada. André Esteves é suspeito de prometer financiar o acordo.

Nenhum comentário: