PROMOÇÃO

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2019

TJ-GO nega habeas corpus a João de Deus em processo por posse ilegal de armas

Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil

Preso preventivamente, João Teixeira de Faria, o João de Deus, teve seu pedido de habeas corpus negado pelo Tribunal de Justiça de Goiás. Ele está detido preventivamente em Aparecida de Goiânia pelos crimes de abuso sexual e posse ilegal de armas.

Segundo informações da Agência Brasil, o pedido negado pela 2ª Câmara Criminal da corte se refere ao processo no qual o médium é acusado de manter uma pistola, três revólveres, um deles com numeração raspada, e munição em casa. Essas armas foram encontradas escondidas em um fundo falso, montado no armário de um dos quartos de um dos imóveis dele que foi alvo de busca e apreensão. No local, os PMs também apreenderam R$ 405 mil em espécie.

“Ficou demonstrada a gravidade do crime, e a medida se faz necessária e adequada para a garantia e a manutenção da ordem pública. Por esta razão, estou revogando os efeitos da liminar e denegando a ordem prejudicada”, argumentou o desembargador Edison Miguel, responsável por relatar o processo.

De acordo com a publicação, o advogado de João de Deus, Alberto Toron, garantiu a jornalistas que vai recorrer no Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Em dezembro, o médium foi acusado de abusar sexualmente de mais 330 mulheres. Ele nega as acusações (saiba mais aqui).

Nenhum comentário: