segunda-feira, 1 de abril de 2019

Após viagem para Israel, governo não descarta possibilidade de visita a Palestina

Foto: Alan Santos / Agência Brasil

Depois da visita do presidente Jair Bolsonaro (PSL) a Israel, o governo brasileiro não descarta a possibilidade de uma visita também à Palestina. "Nós temos relações diplomáticas com vários países e, dentro desse aspecto, é óbvio que nós temos possibilidade de visitá-los quando convidados e quando há interesse em visitá-los", declarou o porta-voz da Presidência da República, Otávio do Rêgo Barros, ao ser questionado pela imprensa.

Quanto às supostas queixas de autoridades palestinas e convites não respondidos, ele afirmou que o Ministério das Relações Exteriores "vai buscar esse contato para aclarar algumas dúvidas e colocar-se à disposição para estabelecer um link para futuras viagens a esses países e a outros países", minimizou.

Palestina e Israel vivem uma disputa de terra há anos. Assim que foi eleito, Bolsonaro causou polêmica ao anunciar que transferiria a embaixada brasileira de Tel Aviv para Israel, reconhecendo a cidade como capital de Israel. Diante da má repercussão, o presidente recuou, mas agora anunciou a abertura de um escritório brasileiro na região. Enquanto isso, a transferência da embaixada ainda é avaliada.

Nenhum comentário: