quarta-feira, 24 de abril de 2019

Idosa de 100 anos que foi dada como morta no Piauí volta a receber aposentadoria

Na semana passada o 180 denunciou o caso de uma idosa de 100 anos que deixou de receber a aposentadoria é quando foi ao banco para saber o que estava acontecendo, descobriu que havia sido dada como morta. Dona Joana Lopes dos Reis é da cidade de Pajeú, no Piauí, e, após a grande repercussão da situação, voltou a receber o seu dinheiro.


A família entrou em contato com o 180 para falar sobre a resolução do caso e agradecer a todos que compartilharam e de alguma forma ajudaram para que o problema fosse resolvido.

Sobre o caso 
A família da idosa Joana Lopes dos Reis, de 100 anos, viveu um drama após descobrir que oficialmente ela foi tida como morta e por conta disso sua aposentadoria foi cortada.

Mesmo debilitada, teve que ir ao Banco do Brasil na cidade de Canto do Buriti após passar dois meses sem receber a aposentadoria, para fazer a 'prova de vida'.

Lá descobriram que ela não recebia a aposentadoria porque já era considerada morta e teria que enfrentar toda uma burocracia para resolver a situação.

Sueli Aguiar, filha de dona Joana, informou na época ao 180 que a situação era desesperadora e que a idosa precisa do dinheiro para comprar medicamentos e se manter.

A família procurou Defensoria Pública, mas lá informaram que o caso poderia demorar até um ano para ser resolvido.

Uma amiga da família que tenta ajudar a idosa estava revoltada com a situação e fez uma postagem no Facebook para denunciar o caso. A postagem teve vários compartilhamentos, mas só agora o caso foi resolvido.

180graus

Nenhum comentário: