quinta-feira, 18 de abril de 2019

Preso mais um envolvido em golpes contra políticos pelo WhatsApp

Resultado de imagem para plantao policial
A Policia Civil do Maranhão, por meio da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic), prendeu, nesta quarta-feira (17), Ayrton da Silva Dias, de 23 anos, em cumprimento a mandado de prisão decretado pela Primeira Vara Criminal de São Luís. Ele vai responder por crime de organização criminosa.

Ayrton Dias é integrante de uma quadrilha especializada em aplicar golpes contra políticos pelo aplicativo WhatsApp, após a clonagem de chips.

Na terça-feira (16), foram presos Hallen Deivid Cosmo Nascimento, Leonel Silva Pires Júnior, Anderson Sombra Azevedo, Markuel Pereira de Sousa, Rudson Jauário Serra, Adriano César Pereira e Hilton César Moraes Costa.

Ayrton Dias estava foragido, mas se apresentou na tarde desta quarta-feira na sede da Seic, onde foi dado cumprimento ao mandado de prisão.

Estão foragidos Mauro Sérgio Diniz Gaspar, Erick Raphael Reis Teixeira e Ivanilde Nogueira Amaral. Até o momento, eles não foram localizados, mas a polícia continua diligenciando para cumprir os mandados de prisão contra eles.

Nenhum comentário: