quarta-feira, 1 de maio de 2019

Cabeleireira de 35 anos é morta quando trabalhava no próprio salão no Ceará

Salão de beleza está localizado no município de Caucaia. A polícia vai investigar se o assassinato tem relação com o tráfico de drogas ou se foi feminicídio.


Lígia foi atingida por dois tiros, um nas costas e outro na cabeça. — Foto: Rafaela Duarte/TV Diário

Uma cabeleireira de 35 anos foi morta a tiros na noite desta terça-feira (30) no município de Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza. De acordo com a Polícia Militar, Lígia Maria Oliveira da Silva foi morta dentro do salão em que era proprietária, no Bairro Padre Júlio Maria.

Agentes do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) afirmaram que homens armados invadiram o local e efetuaram vários tiros contra a vítima.

A cabeleireira foi atingida por dois tiros, um nas costas e outro na cabeça. A Divisão de Homicídios afirmou que a cabeleireira não tinha antecedentes criminais. A polícia vai investigar se o assassinato tem relação com o tráfico de drogas ou se foi feminicídio.


Por G1 CE

Nenhum comentário: