sexta-feira, 10 de maio de 2019

Defesa de Temer diz que não recorrerá ao STF sem posicionamento do STJ

Foto: Reprodução / G1

O advogado Eduardo Carnelós, que representa o ex presidente Michel Temer, detido na tarde desta quinta-feira (9), disse aguardar o posicionamento do Supremo Tribunal de Justiça, sobre o pedido de liberdade. O relator do caso é o ministro Antônio Saldanha.

A defesa disse que "a detenção do ex-presidente é ilegal", e foram com base "em conjecturas", reiterando a ideia de aguardar a decisão do STJ, esperando publicação da manifestação do órgão.

Michel Temer faz exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal, e retorna para passar a noite na sede da Polícia Federal, em São Paulo.

Nenhum comentário: