segunda-feira, 20 de maio de 2019

Família de Danielle volta pela primeira vez ao sítio após morte brutal da jovem


Próximo de completar um mês na próxima sexta-feira, 24, do brutal assassinato da universitária Danielle Oliveira, 20 anos, em Pedra Branca, a família da jovem continua aguardando uma resposta da Polícia, que segue com as buscas pelo acusado “Zé do Valério”, fugitivo e segundo a investigação, o autor do crime, que se encontra foragido da Justiça do município, onde foi expedido seu mandado de prisão.

Neste domingo, 19, a senhora Joelma Oliveira voltou, pela primeira vez, ao sítio da família, onde sua filha, que se encontrava produzindo queijos, foi arrastada para o mato e morta em um crime que chocou a sociedade cearense e repercutiu em todo o Brasil.


Joelma, acompanhada do Sr. Daniel Vieira, (pai de Danielle), Antonio Adriano (irmão) e Maria Oliveira (avó), visitaram o local onde o corpo da jovem foi encontrado na manhã do dia 25 de abril por seu irmão, cerca de 500 metros da casa da fazenda.

A família ainda busca forças para tentar superar tamanha dor.


Em conversa com a imprensa, os pais voltaram a pedir que a Secretaria de Segurança Pública do Estado continue com as buscas por Zé do Valério, para que ele não saia impune e não volte a cometer outros crimes.

Repórter Ceará com informações do Sert News (Fotos: Vando Carlos)

Nenhum comentário: