terça-feira, 4 de junho de 2019

Neymar se apresentará voluntariamente à Polícia de São Paulo, garante defesa

Foto: Lucas Figueiredo / CBF

O atacante Neymar se apresentará voluntariamente à Polícia de São Paulo para depor sobre o suposto caso de estupro contra uma mulher em Paris (leia mais aqui). A informação foi confirmada pelo advogado de defesa do jogador da Seleção Brasileira, Davi Tangerino, em entrevista à TV Bandeirante, dez minutos após reunião com a delegada do caso, na capital paulista, nesta segunda-feira (3).

"O Neymar vai se apresentar voluntariamente, já está decidido faz bastante tempo. Agora é encontrar um dia que seja conveniente para delegacia, com o fluxo da investigação, ele é o maior interessado em esclarecer isso", afirmou o advogado.

Na reunião com a delegada Juliana Lopes Bussacos, da 6ª delegacia da Defesa da Mulher, a defesa defendeu a postura adotada por Neymar na noite do último sábado (1º), quando expôs no Instagram as conversas íntimas com a suposta vítima (leia mais aqui). "Recebemos uma verdade, um sentimento de injustiça muito grande por ter passado por este episódio e esta verdade que vi nele e na análise das provas, dos diálogos. Todos têm direito a advogado; portanto, o vídeo do Neymar fala por si com muita verdade, sentimento de injustiça, indignação. Ele é o maior interessado em conhecer a verdade, e a verdade vai prevalecer", declarou.


Para Tangerino, o caso terá “página virada” em breve. "O Neymar traz holofotes, mas temos total confiança na justiça, polícia com discrição e seriedade, a verdade vai prevalecer, e esse episódio terá sua página virada em breve”, concluiu.

Nenhum comentário: