Mina que abriga barragem que rompeu responde por 2% da produção da Vale

Foto: Reprodução / EBC

A Mina Córrego do Feijão, onde está localizada a barragem que se rompeu na sexta-feira (25), em Brumadinho, foi responsável pela produção de 8,5 milhões de toneladas de minério de ferro, valor equivalente a 2% da produção de minério de ferro da Vale.

A mina integra o Complexo de Paraopeba, cuja produção total foi de 27,3 milhões de toneladas em 2018. Esse número representa cerca de 7% da produção da Vale. O complexo possui 13 estruturas utilizadas para disposição de rejeitos, retenção de sedimentos, regulação de vazão e captação de água.

About Acopiara Alerta

Tecnologia do Blogger.