Forte chuva isola cidades, mata 2 e deixa desaparecidos na Grande São Paulo

Rodízio de veículos foi suspenso, linha 10-Turquesa da CPTM está fechada, e Via Anchieta tem interdição. Marginal Tietê tem risco de transbordamento.


Temporal deixa São Paulo com áreas alagadas

A forte chuva que começou na noite de domingo (10) e se estende pela segunda (11) provocou alagamentos em diversas regiões da Grande São Paulo e bloqueou vias de acesso para a capital paulista. A previsão é de mais chuva durante o dia.

Veja o que está acontecendo

Rodízio de veículos está suspenso (carros com placas final 1 ou 2 podem circular normalmente)
Zona Azul suspensa na capital
Zona de Máxima Restrição à Circulação de Caminhões (ZMRC) e a Zona de Máxima Restrição aos Fretados (ZMRF) também foram liberadas
Desabamento deixou 2 mortos, 2 feridos e 2 desaparecidos em Ribeirão Pires
Na Zona Leste, uma criança ficou ferida em estado grave
Linha 10-Turquesa (Brás-Rio Grande da Serra) está fechada
Marginal Tietê tem alagamentos e está com alerta para transbordamento
Via Anchieta tem interdição na altura da antiga Uniban
Avenida do Estado tem vários pontos de alagamento
Córrego da Mooca e Rio Tamanduateí transbordaram

Os lugares mais afetados são os bairros de Vila Prudente e Ipiranga, e as cidades do ABC. Os bombeiros contabilizam 601 ocorrências de enchentes, 121 quedas de árvore, 54 ocorrências de desabamento e 3 deslizamentos graves. Em Ribeirão Pires, no ABC Paulista, o desabamento de uma casa deixou 2 mortos e dois feridos. Há duas pessoas soterradas, informou o Corpo de Bombeiros. No Jardim Zaíra, em Mauá, três casas desabaram após um deslizamento de terra. Ninguém se feriu. O mesmo bairro registrou a morte de 4 crianças em fevereiro após outro deslizamento. Em São Rafael, Zona Leste da capital, um deslizamento de terra atingiu uma casa. A mãe e duas crianças ficaram feridas – uma delas em estado grave. Em Embu, na Grande São Paulo, o desabamento de uma casa deixou 3 feridos graves.


Ônibus ilhado em meio a alagamento em SP — Foto: Reprodução/TV Globo

No bairro do Sacomã, no sudeste da capital, carros foram levados pela força da água e outros veículos ficaram ilhados pela enchente forçando seus ocupantes a ficarem no teto dos veículos. O Centro de Gerenciamento de Emergências da Prefeitura de São Paulo (CGE) informou que há diversos pontos intransitáveis na cidade (veja a lista dos pontos ao final desta reportagem). A circulação de trens na Linha 10-Turquesa da CPTM está interrompida, sem previsão de normalização. A Marginal Tietê está em estado de alerta para transbordamento, com risco elevado nas pontes da Dutra, Piqueri e Limão, segundo o CGE.

A Prefeitura de São Paulo anunciou a suspensão do rodízio e da Zona Máxima de Restrição de Circulação, e liberação da circulação de fretados e da Zona Azul.

Alagamentos interditam vias e travam trânsito em SP — Foto: Reprodução/TV Globo

Resgates

Bombeiros resgataram moradores ilhados com botes e o helicóptero Águia. Uma família foi retirada de sua casa. Um dos moradores levava um gato nas mãos.

Criança é resgatada por bombeiros por bote em alagamento em São Paulo — Foto: Reprodução/TV Globo

Mulher é resgatada de bote em alagamento na zona Sul de São Paulo — Foto: Reprodução/TV Globo


Um voluntário usou uma moto-aquática para ajudar resgatar moradores ilhados na região do Ipiranga, na Zona Sul. Com os carros completamente debaixo d’água e passageiros sobre os veículos, o motoboy Rafael de Almeida decidiu ajudar no resgate após receber um telefonema de um amigo.
“Comecei a salvar uma pessoa, duas, quando vi já tinha socorrido umas 20 pessoas eu e meus amigos”, conta.

Motoboy usa moto-aquática para socorrer moradores ilhados no Ipiranga — Foto: Reprodução TV Globo


Homem usa moto-aquática e socorre ilhados pelo alagamento na Zona Sul — Foto: Reprodução TV Globo

Cidades sem acesso à capital

Saídas para a capital a partir de Diadema, Santo André, São Bernardo do Campo e São Caetano do Sul estão interditadas em razão do alagamento. Um trecho da Via Anchieta, principal via de ligação do ABC Paulista com São Paulo, também tem a passagem de carros impossibilitada na altura da antiga Uniban.

A Defesa Civil e os bombeiros usaram botes para resgatar pessoas que estavam ilhadas em pontos de ônibus no ABC Paulista.

O prefeito de São Bernardo do Campo, Orlando Morando (PSDB), divulgou vídeo por volta das 22h pedindo para os moradores não tentarem passar pelos pontos mais comprometidos pelas enchentes.

De acordo com o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), da Prefeitura de São Paulo, por volta das 22h do domingo houve transbordamento do Córrego da Mooca e do Rio Tamanduateí na Avenida do Estado.

Rodovia dos Tamoios, principal ligação entre o Vale do Paraíba e o Litoral Norte de São Paulo, foi interditada. Houve quedas de barreiras nos km 73 e 70 e ainda tinha risco de outros incidentes.

Alagamento na Marginal Tietê, na altura da Ponte da Casa Verde: há risco de transbordamento do rio — Foto: Reprodução/TV Globo

Jundiaí

A Sabesp alertou que a represa Jundiaí, no interior do estado, está em estado de alerta e, caso a chuva persista, a água pode começar a escoar e atingir os seguintes bairros da cidade:



Jardim Santos Dumont 2 e 3;
Jardim Aeroporto 1 e 2;
Jundiapeba;
Várzea do rio.


Estação Tamanduateí, da linha 10-Turquesa da CPTM e da linha 3-Verde do Metrô, alagada — Foto: Reprodução/TV Globo

Pontos de alagamento em São Paulo:


Zona Norte:

Marginal Tietê, próximo à ponte do Limão, pista Central, sentido Castello Branco;
Avenida Otaviano Alves de Lima, próximo à Ponte Freguesia do Ó, sentido Castello Branco;
Marginal Tietê, próximo à Ponte Casa Verde, pista expressa, sentido Castello Branco;
Avenida Zaki Narchi, próximo à Avenida Cruzeiro do Sul;
Avenida Olavo Fontoura, próximo ao número 1.209.

Centro:

Avenida do Estado, próximo à PC. Alberto Lion (intransitável);
Avenida Presidente Castelo Branco, pista local, próximo à Ponte das Bandeiras, sentido Ayrton Senna (intransitável);
Rua Sergio Tomas, sentido Centro, próximo ao número 660 (intransitável).


Zona Oeste:

Avenida das Nações Unidas, sentido Castello Branco, próximo à Ponte Jaguaré;
Marginal Tietê, pista expressa, sentido Ayrton Senna, próximo à Ponte Atílio Fontana;
Marginal Tietê, pista central, sentido Ayrton Senna, próximo à Pt Comunidade Húngara (intransitável);
Avenida Presidente Castelo Branco, pista local, sentido Ayrton Senna, próximo à Pt Casa Verde;
Marginal Pinheiros, sentido Interlagos, pista expressa, próximo à Pt Jaguaré;
Avenida Engenheiro Billings, sentido Interlagos, puista local, próximo à Pt Jaguaré;
Avenida Emb. Macedo Soares, sentido Castello Branco, pista local, próximo à Pt Freguesia do Ó;
Rua Joaquim Manuel de Macedo, próximo à Avenida Marquês de São Vicente (intransitável);
Avenida Marquês de São Vicente, próximo à Avenida Thomas Edson (intransitável);
Avenida das Nações Unidas, sentido Castello Branco, pista local, próximo à Rua Florida.

Zona Leste:



Rua Dr Miguel Paulo, próximo à Avenida Bom Jardim (intransitável);
Avenida Paes de Barros, sentido Centro, próximo à Avenida Professor Luis Ignacio de Anhaia Mello (intransitável);
Avenida Paes de Barros, sentido único, próximo à Avenida Professor Luis Ignacio de Anhaia Mello (intransitável);
Avenida Professor Luis Ignacio de Anhaia Mello, sentido Vila Prudente, próximo à Avenida Salim Farah Maluf (intransitável);
Avenida Professor Luis Ignacio de Anhaia Mello, próximo à Avenida Paes de Barros (intransitável);
Avenida Professor Luis Ignacio de Anhaia Mello, próximo à Rua Maria Dafre (intransitável).

Por G1 SP

About Acopiara Alerta

Tecnologia do Blogger.