Foto: Divulgação

A Polícia Federal (PF) vai solicitar à Justiça uma prorrogação do inquérito sobre o atentado contra o presidente Jair Bolsonaro (PSL), ocorrido em setembro de 2018. O objetivo é estender o prazo das apurações em 90 dias.

Segundo informações do blog de Matheus Leitão, no G1, esse pedido deve ocorrer na próxima terça-feira (23).

O inquérito em questão aborda a facada que o então candidato à Presidência recebeu durante um ato de campanha em Juiz de Fora, em Minas Gerais. O autor da facada é Adélio Bispo de Oliveira, que foi preso em flagrante.

A versão predominante atualmente é a de que o agressor possui problemas psicológicos e teria agido por conta própria. A tese de que uma organização criminosa estaria envolvida no crime segue descartada.



Ainda assim, o inquérito atual está longe de ser concluído. De acordo com a publicação, esses 90 dias extras serão usados para concluir as investigações sobre as pessoas que tiveram relação com Adélio nos últimos anos.