Com Correios e Eletrobras, Guedes monta lista de privatizações após Previdência

Foto: Reprodução / Fabio Rodrigues Pozzebom / Agência Brasil

As empresas estatais que hoje consomem cerca de R$ 20 bilhões anuais dos cofres da União foram divididas em três grupos: as que serão mantidas, as que serão fechadas e as que serão vendidas. A medida faz parte do plano do ministério da Economia que definiu o destino das mais de 130 estatais brasileiras. 

Segundo envolvidos nos estudos ouvido pelo jornal O Globo, Correios e Eletrobrás fazem parte do último grupo, das empresas que serão vencidas. A Empresa Brasil de Comunicação deve ser mantida, mas em um tamanho muito menor que o atual.

A ideia da equipe de Paulo Guedes é dar início às privatizações depois que a reforma da Previdência for aprovada.

About Acopiara Alerta

Tecnologia do Blogger.