Foto: Reprodução/Pixabay


O dólar fechou em alta depois de subir 0,65%, e fechar o dia em R$ 4,2863 nesta sexta-feira (31).

O valor, de acordo com reportagem do G1, é o maior nominal (sem considerar a inflação) da história e pode ser relacionado aos desdobramentos dos riscos relacionados ao coronavírus e seu possível impacto econômico na China.



Até então o recorde anterior era de R$ 4,2584, alcançado no dia 27 de novembro de 2019.