JUSTIÇA

TST bloqueia contas de sindicatos e autoriza contratação temporária Petrobras

Foto: Reprodução/UOL


O Tribunal Superior do Trabalho (TST) determinou, nesta quinta-feira (6), o bloqueio das contas dos sindicatos que participam da greve na Petrobras e autorizou a empresa a fazer contratações temporárias para suprir as demandas. A greve já dura seis dias. 

Em decisão anterior o TST havia determinado o pagamento de multa de de R$ 500 mil para cada dia de duração da paralisação. O diretor do Sindipetro-BA Radiovaldo Costa entende que a multa aplicada é desproporcional. A decisão também obriga que 90% do efetivo esteja trabalhando nas unidades da estatal (leia mais). 

O ministro Yves Gandra chamou o movimento de abusivo e alegou conotação política. 

Desde sexta (31), um grupo de sindicalistas ocupa sala de reunião na sede da estatal, no centro do Rio. Esta semana, petroleiros do Paraná montaram vigília em frente ao edifício, que nesta sexta (7) deve receber o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

About Acopiara Alerta

Tecnologia do Blogger.