Criminosos trocaram tiros com patrulhas do Cotar ao serem descobertos na cidadeBandidos que iam sequestrar empresário em Aracati são mortos em tiroteio com a PM
Duas pistolas estavam em poder dos criminosos mortos

A Polícia Militar do Ceará já identificou os três bandidos que morreram numa troca de tiros com patrulhas do Batalhão de Comando Tático Rural (4º BPM/CPChoque-Cotar) na cidade de Aracati, no Litoral Leste do estado (a 149Km de Fortaleza). O fato ocorreu na noite desta quarta-feira (1º) no dique de proteção situado na entrada daquele Município.


Era por volta de 21h30, quando os policiais tentaram abordar um carro suspeito que chegava àquela cidade procedente do vizinho estado do Rio Grande do Norte e já estaria sendo monitorado pela Inteligência. No momento da abordagem, os ocupantes do automóvel passaram a disparar tiros contra os militares, atingindo dois deles. Mesmo feridos, os PMs reagiram, estabelecendo um cerrado tiroteio no local.


Os três bandidos acabaram sendo baleados e morreram ainda no local. Um deles tombou sem vida na direção do carro. Em poder dos criminosos, os policiais encontraram duas pistolas e um simulacro de fuzil, além de carregadores e munição de reserva.

Nomes

Um dos bandidos mortos no confronto com os homens do Cotar estava vestindo uma espécie de farda camuflada e usava boina vermelha, com um distintivo falso da Força Nacional de Segurança (FNS). O bando tentava se passar por policiais.

Os mortos foram identificados, todos naturais do Rio Grande do Norte, de acordo com a Polícia.

Sequestro

Conforme os primeiros levantamentos feitos pela Polícia Militar, a quadrilha seria oriunda da cidade de Mossoró (RN) e teria vindo ao Ceará com o objetivo de seqüestrar um empresário do ramo de criação e exportação de camarão, residente e estabelecido em Aracati. A identidade do “alvo” da quadrilha foi mantida em sigilo.

Os dois policiais baleados foram atendidos no Hospital Regional de Aracati e não sofreram ferimentos graves. Um deles acabou atingido na perna e o outro no ombro. Ainda na noite de ontem eles receberam alta após terem sido atendidos pela equipe médica plantonista.

Os corpos dos criminosos foram encaminhados ao Núcleo Regional da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) da cidade de Russas (a 163Km de Fortaleza).

Por : Fernando Ribeiro
CN7