Ceará segue com tendência de mais chuvas; litoral e noroeste deverão concentrar principias acumulados
Áreas de instabilidade deverão trazer mais chuvas para o litoral (FOTO: Hélio Deibson)

O fim do mês de abril deve ser de mais chuvas em todas as macrorregiões do Ceará, principalmente entre segunda (27) e terça-feira (28). De acordo com a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), a faixa litorânea, o Maciço de Baturité e a Ibiapaba estão mais suscetíveis aos maiores acumulados. Em análise realizada na manhã de hoje, os meteorologistas observaram que a Zona de Convergência Intertropical (ZCIT) segue próximo ao norte da região Nordeste. Com isto áreas de instabilidade associadas à ela deverão proporcionar mais precipitações no estado. Até terça, a Funceme aponta cenário semelhantes, mas com tendência de redução nos acumulados já a partir da tarde desta terça. Na quarta-feira (29), mas chuvas deverão ser registrados, porém, as condições passam a ser mais favoráveis a chuvas isoladas, principalmente no litoral e também na macrorregião da Ibiapaba. Neste três dias, o céu deverá apresentar cobertura variada de nuvens, ou seja, ora mais aberto, ora mais fechado.
Balanço parcial
No intervalo entre as 7h deste domingo (26) e as 7h de hoje, a Funceme registrou chuvas em, pelo menos, 119 municípios. Os dados são preliminares e serão atualizados ao longo do dia, mas sempre fazendo referência ao intervalo citado. Neste momento, os maiores acumulados informados foram em:
Fortaleza (Posto Castelão) : 97.2 mm
São Gonçalo do Amarante (Posto Croatá) : 69.8 mm
General Sampaio (Posto Jurema) : 68.0 mm
Limoeiro do Norte (Posto Bixopa) : 68.0 mm
Eusébio (Posto Eusébio – Sede) : 67.0 mm
Fonte Funceme