Um grupo de cientistas da universidade australiana de Monash descobriu que há um medicamento (Ivermectin), usado para tratar infeções causadas por parasitas, que pode matar o novo coronavírus em 48 horas. O estudo, disponível desde na página online da Universidade de Monash na Austrália, conclui que este desparasitante usado desde os anos 80, até para animais, mostrou em laboratório que serve como inibidor da Covid-19. A investigação australiana, que já foi publicada na revista científica “Antiviral Research”, salienta a eficácia de um único tratamento com resultados visíveis em 48 horas, segundo experiências em culturas de células em laboratório. Este medicamento já foi utilizado com sucesso no tratamento de diferentes tipos de vírus, como dengue, HIV, gripe, entre outros, sendo ainda necessário esperar por testes em humanos para certificar definitivamente a utilidade perante o novo coronavírus.
“Descobrimos que mesmo apenas uma única dose poderia eliminar todo o RNA viral em 48 horas e, além disso, em 24 horas há uma redução realmente significativa”, afirmaram os responsáveis pelo estudo em declarações divulgadas pela Europa Press

Fonte: DN.PT